background

30 de maio de 2018

COMO RECUPERAR UMA PLANTA QUASE SEM VIDA


As nossas queridas plantas, assim como nós seres humanos, passam por momentos ruins e difíceis. Muitas vezes é possível identificar a causa mas muitas vezes não. Quando as folhas estão murchas, provavelmente o problema é falta d’água. No entanto nem sempre é tão simples assim identificar o problema de nossas amiguinhas. Alguns dos problemas corriqueiros são excesso ou falta de sol, clima seco ou pobreza de nutrientes no solo.

Listamos algumas dicas básicas para que você possa tentar salvar sua planta. Mas, é importante lembrar que a melhora nem sempre é imediata e pode levar até dois meses para que você comece a notar uma melhora na saúde das plantinhas, por isso, seja paciente e não desista de recuperá-las.

Apare as folhas mortas e galhos secos

Com muito cuidado retire todas as folhas mortas de sua planta, sempre com muita atenção em relação aos brotos pois, mesmo com aspecto estranho eles possuem grande potencial de crescimento. Quando for cortar os galhos, comece pelo topo e apare uma pequena quantidade por vez. A cada galho que cortar lembre-se de verificar a cor do centro do caule. Muitas vezes o caule parecerá morto mas você encontrará a coloração esverdeada no centro dele à medida em que o corte for se aproximando das raízes. Quando chegar a esse ponto, pare de cortar. Após um curto período (um mês aproximadamente) galhos novos começarão a crescer sobre os antigos.

Troque de vaso a sua planta

Muitas vezes cultivamos plantas que foram germinadas a partir de sementes e por isso elas estão em pequenos vasos. Porém, se a planta crescer muito é mais do que necessário aumentar o tamanho do vaso para que haja mais espaço para o desenvolvimento dela e de suas raízes. E é justamente prestando atenção nessas raízes que você saberá quando deverá realizar o replantio. Quando elas começarem a ficar visíveis e saírem do vaso, troque o recipiente por um vaso maior e que possua furos na parte inferior para que possa ajudar na drenagem. É importante que realize uma pesquisa sobre a espécie plantada antes para verificar se existe algum requisito especial para ela nesse processo. Muitas vezes não é preciso colocar mais terra.

Cheque os níveis de umidade do ambiente em que a planta está

A grande maioria das espécies gosta de ambiente úmido. Caso note que o solo em que sua planta está tem ficado continuamente seco, mesmo com regas diárias, saiba que os níveis de umidade podem estar muito baixos. Para corrigir isso, coloque uma panela rasa cheia de cascalho ou pedrinhas debaixo de sua planta. Coloque um pouco de água nessa panela e certifique-se que a água não irá ultrapassar o cascalho. A água irá evaporar e assim aumentará automaticamente a umidade em torno de sua amiguinha.

Controle a luz solar

Sua plantinha têm folhas queimadas e amareladas? Essas características são sinais de muita exposição ao sol. Nunca apresentou nenhuma floração? Sinal de pouco sol. Realizar o controle do sol é extremamente importante pois é um fator que determina o crescimento e desenvolvimento das espécies. Teste colocá-las em diferentes locais onde o sol as atinja de forma direta mas sempre prestando muita atenção em quanto tempo elas receberão a luz direta. Principalmente se você morar em uma região com muita incidência de luz solar.

Adicione nutrientes


As plantas são seres vivos e assim sendo, também precisam de nutrientes para se manterem saudáveis. Borra de café, casca de ovo triturada, adubo líquido de casca de banana e semente de abóbora… todos esses itens são adubos orgânicos que fornecem nutrição às plantas. Por isso é importante realizar a adubação sempre que notar enfraquecimento da planta, para que ela possa repor seus nutrientes e continuar seu desenvolvimento de maneira saudável.

 Outra técnica muito interessante que existe para tentar recuperar sua planta é após retirar as folhas e galhos secos, colocar a planta (com o bloco de terra que fica em volta da raiz) num recipiente maior do que seu tamanho e cheio de água morna, essencial para maior absorção de água na terra. Após deixar a planta hidratando por alguns minutos, retire-a do recipiente e coloque-a sobre um prato para que o excesso de água seja drenado. Após isso, leve-a de volta ao vaso ou área de plantio.



Observe diariamente o comportamento da planta. É importante que o solo permaneça úmido para que aos poucos a planta recupere seu vigor, mas também ficar atento em relação a algumas espécies de plantas que não gostam de muita umidade e muita rega.


*******

Reiki e Cristais

Uma ótima dica que eu (Leony), deixo aqui registrado é usar essa maravilhosa ferramenta energética que é o Reiki, a quem é iniciado mesmo com o primeiro nível já pode aplicar nas plantinhas para um melhor desenvolvimento e cura, além de auxiliar, elas gostam muito. Outra dica é colocar um cristal junto ao vaso de planta, é bem válido e não é necessário enterrá-lo, sendo um lindo ornamento também. Lembrando que há sempre outras alternativas que irão ajudar, as mais comuns são essas citadas.

Há também música para plantas, isso mesmo, música! Elas sentem a frequência vibracional dos sons, isso já foi comprovado pela ciência moderna através de muitos experimentos. Uma que indico é esta: Music for plants.

Pode-se também conversar com o elemental da planta e pedir ajuda aos espíritos da natureza conhecidos pelo nome de fadas e dentre outros, agradeça-os pelo serviço de auxílio e tenha fé e confiança no trabalho realizado.

E a principal dica é MUITO AMOR, CARINHO, E DIÁLOGO.

*******

Fonte: https://blog.plantei.com.br/


28 de maio de 2018

SABEDORIA DIVINA DA NATUREZA - EP 34 - DENTE-DE-LEÃO



EPISÓDIO 34

O episódio de hoje é sobre o Dente-de leãotípico dos climas temperados, que espontaneamente cresce praticamente em todo o lugar: na beira de estrada, à beira de campos de cultivo, prados, planícies, colinas e montanhas de altitude de aproximadamente até 2000 metros. Reproduz-se de uma forma tão rápida que invadem terras cultivadas, de modo que, especialmente no passado, o dente-de-leão era considerada uma erva daninha a ser erradicada.

Dada a sua espontaneidade e onipresença, esta planta seria de pouco valor, no entanto, ela tem muitas propriedades medicinais e tantos significados simbólicos, evocativos e variados. Ao dente-de-leão foram atribuídos poderes mágicos que inspirou mais de uma lenda.



O nome científico do gênero é Taraxacum sendo a sua espécie mais disseminada a Taraxacum officinale. Mas seus nomes populares muitas vezes evocam sua particularidade. Além do nome comum dente-de-leão, no nordeste é conhecida por "esperança”. Na Itália vem a ser popularmente chamada por soffione (grande sopro) pelo fato de ter, depois de sua inflorescência, suas sementes recolhidas naquela bola que se parece com um pompom, pronta para voar e dispersar-se ao primeiro sopro de vento.

Todo mundo, pelo menos uma vez na vida, deve ter assoprado um fruto do dente-de-leão, talvez na esperança de ter o que se deseja.


Esta planta floresce a cada primavera produzindo algumas belíssimas flores amarelas, muito apreciadas por abelhas que sugam o néctar do qual se faz o mel de dente-de-leão.



Diz-se que esta planta simboliza a força, a esperança e a confiança.

O dente-de-leão também está relacionado à ideia do desprendimento e da viagem. As sementes desta planta parecem representar perfeitamente as fases, os ciclos de vida que cada um de nós tem que cumprir.

Inicialmente, as sementes ligadas ao apêndice delicado, não parecem dispostas a se destacarem. Mas, lentamente, são levadas pelo vento com “receio” em um primeiro momento, mas cada vez mais decididas a embarcarem em uma nova jornada e experimentar novas aventuras.

Superado o medo ou o receio inicial, elas se deixam levar pelo fluxo da vida, curiosas sobre novas descobertas, e prontas para criarem uma nova vida.


Este caminho é uma metáfora perfeita para a vida de cada um de nós: para voar e aproveitar todas as oportunidades da vida, é preciso se desprender da própria origem, enfrentar o novo e o desconhecido.



Um outro significado ainda é a representação do dente-de-leão como símbolo da infância e da inocência.


E são especialmente as crianças, de fato, que se deliciam em soprar e dispersar as sementes do fruto seco desta planta. Uma imagem que representa a infância em seu sonho de um futuro melhor para todos. Típica da alegria infantil, inocente e despreocupada, que precisamos recuperar e redescobrir na vida adulta.


Fitoenergética

Tem polaridade Yin e atua principalmente nos três primeiros chakras.

Estimula a pessoa a agarrar as oportunidades da vida, contentar-se com as coisas que tem e com quem é, ser feliz naturalmente, saber valorizar tudo e todos; eleva a autoestima; expande a humildade e o sentimento de gratidão; favorece o viver de forma simples, sem complicações e de forma objetiva.

Tarot da Fitoenergética

Como se pode utilizar a planta dente-de-leão?

Esta planta tem utilidade para todas as suas partes, desde as raízes, as folhas e as flores!

Na Culinária:

As folhas podem ser usadas cruas em saladas, cortadas em pedaços pequenos, prefira as folhas jovens, colhidas logo que comecem a crescer, para que não tenham gosto amargo (o óleo usado pode diluir o sabor amargo das mais desenvolvidas);


Em sumos (inicie com uma quantidade pequena) ou cozidas como se fossem espinafres, refogadas com cebolas e temperos, etc. Melhor se forem comidas cruas, porque mantém assim todos os nutrientes. Passe a adicionar dente-de-leão diariamente aos seus preparados culinários e repare nas mudanças positivas no seu nível de energia, vitalidade e bem-estar!

Já da raiz, faz-se óleo de massagem, para tratar reumatismo e também artrite.


COMO FAZER O CHÁ ?




Usar 2 colheres (sopa) de dente-de-leão (folhas e flores, ou somente as flores devido ao amargo das folhas) desidratado ou in natura, e cozinhe em 1 litro de água até ferver. Quando ferver, desligue o fogo e abafe por 10 minutos. Depois disso basta coar o chá e tomar. O recomendado é até 3 xícaras ao dia e sem açúcar.


Propriedades medicinais

Entre suas propriedades medicinais, lembramos as principais:

* drenante;
* purificador (tratamento de verrugas e dermatites);
* desintoxicante da vesícula biliar, do fígado e do sangue;
* diurético;
* favorece a produção da bile;
* favorece a expulsão de bile e o correto funcionamento do fígado;
* aperitivo e digestivo;
* tônico e estimulante;

* antioxidante.

Auxilia a saúde hepática e renal; evita picos de açúcar noturnos; combate inflamações; combate a prisão de ventre; fortalece o sistema imunológico durante o sono.

Contraindicações

Restrições quanto à Fitoterapia: contraindicado em náuseas, vômitos, diarreias crônicas, esofagites ou em obstrução de duto biliar. Pode causar reações alérgicas.

Não é recomendável para grávidas, pessoas com problemas na vesícula biliar ou para quem tem tendência a sofrer com cálculos renais.


Não hesite em consultar seu médico diante de qualquer dúvida.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

https://www.greenme.com.br/viver/arte-e-cultura/5288-lenda-do-dente-de-leao-e-seus-significados

https://www.remedio-caseiro.com/conheca-as-propriedades-do-cha-de-dente-de-leao/

https://melhorcomsaude.com.br/razoes-tomar-cha-dente-de-leao/


Colaboração: Maria Isabel (Terapeuta Fitoenergética)  curaverde.fitoenergetica@gmail.com


DEMAIS EPISÓDIOS AQUI

18 de maio de 2018

SABEDORIA DIVINA DA NATUREZA - EP 33 - MAÇÃ



EPISÓDIO 33

O episódio de hoje é sobre a Maçã, tão comum e fácil de ser encontrada, mas que carrega uma energia muito poderosa, cheia de encantos, seu nome científico é Malus x domestica.

A fruta mais cultivada do mundo é originária da Ásia e da Europa. Existem mais de 2,5 mil espécies de maçã.


Fitoenergética

Tem polaridade Yang e atua principalmente no 4º chakra (cardíaco).

Gera/expande a paz no lar, elimina o medo da morte (desencarne), acalma os nervos, libera o sorriso, gera bem-estar, harmoniza o emocional, traz sensibilidade para saber priorizar as coisas, elimina a falsidade de sentimentos.


Chá de casca de maçã e canela

Com o chá da casca de maçãs é possível adquirir todos os seus benefícios. Seu preparo é simples e o gosto delicioso!

Ingredientes:

Cascas de 2 maçãs nacionais (bem lavadas)
6 xícaras de chá de água
2 pedaços de canela em pau
Mel

Modo de preparo:


Coloque as cascas e a canela numa panela com as seis xícaras de água para ferver. Assim que levantar fervura, desligue o fogo, tampe a panela e deixe descansar por 10 minutos para poder coar. Adicione mel para adoçar. Espere esfriar ou tome morno.

Receita de bolo de maçã clique aqui.

Maçã desidratada – Excelente para a alimentação de crianças e adultos. A maçã tem uma textura mais crocante que pode ser substituída pela batata frita, por exemplo. Basta colocar a maçã no forno com temperatura baixa, cerca de 20 minutos até ficar crocante.

Propriedades medicinais

Conheça os inúmeros benefícios do chá de maçã para a saúde física e mental :

Diminui o colesterol ruim;

Controla a diabetes (a fruta tem baixo índice glicêmico);

Colabora para uma tranquila noite de sono;

Proíbe e combate a formação de cálculos, evita a indigestão, previne a infecção da garganta;

A fibra conhecida como pectina e o potássio impedem o acúmulo de gordura na parede arterial, prevenindo o entupimento das artérias;

Hidrata o corpo e repõe as energias;

Ajuda a manter os dentes brancos e com aparência forte e saudável;

Auxilia na desintoxicação do fígado e de toxinas;

Melhora o funcionamento cerebral e evita doenças como o mal de Alzheimer;

Por contém nutrientes antioxidantes, ajuda a retardar o envelhecimento;

Auxilia no emagrecimento porque contém poucas calorias e tem água e fibras que diminuem o apetite;

Auxilia no trânsito intestinal, acabando com a prisão de ventre porque as fibras solúveis desintoxicam o aparelho digestivo;

Aliviar as dores causadas pela gastrite e cicatrizar úlceras gástricas pois as fibras formam um gel que protege a mucosa do estômago;

Previne doenças como a gota, diabetes e enfermidades da pele;

Ajuda no desempenho do sistema nervoso e diminui e alivia a ansiedade;


Age como purificador do sangue. Depura o sangue. Por conter ácido málico, limpa o trato vocal, boca, faringe e favorece uma voz com melhor ressonância.


Contraindicações

Não há. Nenhum efeito colateral sério está relacionado ao consumo de maçãs. As sementes de maçã contêm cianeto, que pode ser um veneno para alguns. Comer muitas sementes de maçã pode ser prejudicial, deve-se evitar o consumo das sementes, plante-as!


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

https://www.naturalcura.com.br/beneficios-da-maca/

https://remediodaterra.com/beneficios-do-cha-de-maca/

https://www.remedio-caseiro.com/cha-da-casca-de-maca-e-cheio-de-beneficios/


Colaboração: Maria Isabel (Terapeuta Fitoenergética)  curaverde.fitoenergetica@gmail.com

DEMAIS EPISÓDIOS AQUI

17 de maio de 2018

CHARA - IRMÃ ÁRVORE (PALESTRA)




Saudações Dévicas! Nessa palestra de Chara, ela nos dá uma visão maior sobre as árvores e suas funções, e nos conta suas experiências com este Reino tão lindo pois "onde há árvores há contentamento e dignidade!"

"As árvores captam dos céus energias transformadoras e são parte da vida de todos os habitantes da Terra. Ao reconhecer sua ampla função, aprendemos a amá-las."





Fonte: Estudos com Chara - Canal no Youtube - Espaço Religare


14 de maio de 2018

SABEDORIA DIVINA DA NATUREZA - EP 32 - TOMILHO



EPISÓDIO 32

O episódio de hoje é sobre o Tomilho, uma planta muito poderosa, cheia de encantos e com um aroma delicioso, seu nome científico é Thymus vulgaris, é originário da Pérsia e do Egito e foi introduzido na região mediterrânea pelos monges beneditinos, seu nome deriva do grego thymus, que significa "coragem" ou "fumigar, limpar". Suas poderosas propriedades anti-sépticas e de preservação eram conhecidas dos egípcios que o usavam para embalsamar num preparado com outras ervas.



Para os gregos o tomilho constituía um símbolo de graça e elegância, Na Roma antiga, era usado como símbolo de valor e os soldados se banhavam com tomilho para adquirir coragem. Na Idade Média, as damas européias bordavam ramos de tomilho que ofereciam aos seus cavaleiros andantes.

É um subarbusto perene, pode atingir de 8 a 45 cm de altura. As flores vão do branco ao lilás, e algumas espécies possuem odor característico de cítricos, como o T.serpyllum e T.citrodorus (Tomilho limão). Plantar em colinas áridas e ensolaradas, não suporta frio, solo semi-arenoso, de preferência à partir de divisão de touceiras. Pode também ser semeado.


Tomilho em flor, tom lilás.

Tomilho em flor, tom branco.
Como fazer o chá

Deve-se ter bastante cuidado com a quantidade de tomilho e de água utilizados para fazer a infusão, pois não é recomendado que ele fique muito concentrado. Então preste bem atenção:

Para fazer uma xícara de chá – Coloque duas colheres de café de tomilho seco numa caneca e cubra com 200ml de água previamente fervida. Deixe o chá em repouso em média cinco (5) minutos e beba, se preferir, adoçar com mel.

Para fazer um litro de chá – Em um recipiente coloque um ramo pequeno da erva seca. Despeje um litro de água fervida por cima e deixe o chá descansar por no mínimo dez minutos antes de beber. Se preferir, adoçar com mel.


Fitoenergética

Atua principalmente no 5º chakra e tem polaridade Yang.

Ativa a glândula tireoide, permite sentir o gosto apurado dos alimentos. Ajuda a formalizar as coisas e organizar de forma lógica para que todos possam entender os seus objetivos e metas. Melhora a comunicação em trabalhos de equipe e aumenta o entendimento entre as partes.

>>> O Tomilho também é conhecido por ter uma vibração que atrai fadas e outros seres da Natureza. <<<


Tarot da Fitoenergética

CHÁ E SUA FUNÇÃO FITOENERGÉTICA:

É a função do chá relacionada ao poder oculto, ou à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.


Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma simples oração no momento do preparo já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.


Propriedades medicinais

Quem sofre de depressão deve consumir o chá de tomilho, assim como quem sofre com muito estresse e ansiedade, pois são encontradas no chá substâncias que atuam acalmando o sistema nervoso.


O chá também funciona como antioxidante, evitando o envelhecimento precoce das células do corpo, como antisséptico e desinfetante, protegendo o corpo de bactérias quando usado externamente, como antipirético (reduz a febre) e como uma rica fonte de ferro, sendo por isso indicado para pessoas com anemia.

Auxilia o sistema nervoso; alivia diarréia; é contra o envelhecimento precoce, cólicas intestinais, má digestão; combate o Alzheimer; melhora a circulação sanguínea; combate câncer de pulmão; combate infecções e inflamações; combate a bronquite; alivia o estresse; melhora a visão; reduz a coagulação do sangue; mantém a mente saudável, e aumenta a longevidade.



O óleo essencial de Tomilho é poderoso, considerado o óleo essencial da coragem, mais informações podem ser encontradas neste link e neste também.


Contraindicações

Mulheres grávidas e lactantes devem evitar o consumo, pessoas com insuficiência cardíaca, gastrite, úlceras e problemas semelhantes no estômago devem usar com parcimônia numa concentração menor. Tenha cautela ao utilizar o óleo essencial de tomilho: é irritante para algumas pessoas, assim como hipertensivo.  Por isso, deve ser evitado durante a gravidez e nas pessoas com pressão arterial elevada. Ele também pode causar reações alérgicas em alguns casos.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

http://www.cotianet.com.br/eco/herb/tomilh.html

https://www.chabeneficios.com.br/cha-da-planta-tomilho/

https://www.naturalcura.com.br/beneficios-do-cha-de-tomilho/

http://terra-flor.com/blog/o-oleo-essencial-da-coragem/?post=187


Colaboração: Tânia Campos, e Maria Isabel (Terapeuta Fitoenergética)  curaverde.fitoenergetica@gmail.com


DEMAIS EPISÓDIOS AQUI

9 de maio de 2018

RELATO - "A EXPERIÊNCIA DE SER UMA ÁRVORE"


"Tree of light" - Visionary Art by Gilbert Williams

Esta experiência foi através de uma meditação, em sintonia com minha roupagem dévica.

Estava em uma floresta criando uma esfera de energia branca e brilhante, ela recebia energias do Cosmos e da Terra, era uma espécie de proteção para aquele ambiente em que eu estava, essa energia era distribuída por toda a floresta, aos animais e também aos riachos.

Ao meu lado surge de uma grande árvore um Deva, empoderado e com uma energia amorosa, sua altura é bem maior que a minha, seu semblante é fino e sua postura é de um grande mestre. Ele se dirigiu até mim e disse que era hora de eu experimentar como é ser uma árvore.

Aceitei, e imediatamente meu corpo começou a mudar, meus pés se tornaram raízes, meus braços transformaram-se em galhos e folhas nasciam em processo acelerado, sendo possível sentir passo a passo do crescimento de uma árvore por completo, realmente uma sensação incrível.

Como estava  consciente do meu corpo humano sentia energias percorrerem como impulsos energéticos de alta frequência em mim. Até ali já havia me transformado em uma grande árvore. As sensações são incríveis, me senti como um portal de energia e então senti a presença de uma energia masculina se aproximar de mim e tocar sua mão no tronco, rapidamente toda a energia que se movia para cima e para baixo, se concentrou em direção a mão deste ser, uma conexão generosa onde toda energia se doava instantaneamente num simples toque. Foi então que comecei a entender o que ocorre quando alguém toca uma árvore.

E logo surgiram vários seres muito amorosos e agradecidos,  fizeram um círculo de mãos dadas ao meu redor como árvore, era muito perceptível a energia que elas emanavam e eu como árvore me sentia muito feliz e amada, o suficiente para elevar muito mais a energia ali sustentada. 

Acredito que seja dessa maneira que todo o reino vegetal se sente ao expressarmos nosso amor e gratidão.

Toda essa energia expandiu-se grandiosamente e pequenos seres transparentes parecidos com seres do elemento ar dançavam ao meu redor, parecia uma celebração. Que alegria!

Enfim fui voltando aos poucos a minha roupagem dévica desta vivência meditativa e perguntei ao Deva se aqueles seres ficariam por ali, ele respondeu que não pois eles não ficam somente em uma determinada região.

Agradeci pela incrível experiência e percebi que atrás de mim outros serem agradeciam ao Deva.

Ele finalizou dizendo: "Somos Luz, somos Amor, somos a Vida!

Samanta Oliveira

*******

Belíssima experiência de minha querida amiga Samanta, decidi compartilhar este relato aqui devido a simplicidade, intensidade, e sabedoria inerentes a um verdadeiro contato entre reinos. 

Sempre no caminho do autoconhecimento e expandindo nossa consciência em Amor e para o Amor.

Somos UM com toda a Vida! Paz!

Namastê!

7 de maio de 2018

SABEDORIA DIVINA DA NATUREZA - EP 31 - IPÊ-ROXO





EPISÓDIO 31

O episódio de hoje é sobre o Ipê-roxo, uma árvore da América do Sul, o nome científico dessa espécie é Tabebuia avellanedae, conhecida pela utilização medicinal e como madeira de lei. Seus nomes populares mais conhecidos são: piúva, pau-d'arco, piúna, ipê-roxo-de-bola, ipê-una, ipê-roxo-grande, ipê-de-minas, piúna-roxa.



Como fazer o chá de Ipê Roxo?

Ao contrário da maioria dos chás, aqui você deverá utilizar a casca da árvore e não as folhas dela. Isso você pode encontrar em feiras a céu aberto ou lojas de produtos naturais.


Coloque 1 litro de água no fogo para esquentar e adicione 2 colheres de sopa da casca do Ipê Roxo. Deixe lá por 10 minutos após levantar fervura. Depois, basta desligar e deixar, por mais 10 minutos, a mistura descansando e tampada. Agora basta coar e tomar cerca de 2 a 3 xícaras do chá por dia.




Fitoenergética

Tem polaridade Yang e atua nos chakras 1 a 7.

Gera sono, ajuda a desacelerar a mente, aumenta a conexão e absorção de energia vital pelo corpo. Tem efeitos anti-estresse, anti-insônia e calmante contra o nervosismo e a hiperatividade. É poderoso relaxante indutor do sono, ajuda a conectar com esferas superiores. Para pessoas “calorentas” , gera uma sensação de resfriamento muito agradável no corpo.


Propriedades medicinais

O chá da casca do ipê-roxo é um dos medicamentos usados na medicina popular brasileira por sua capacidade de extinguir tumores sólidos. Pensa-se que sua ação tenha a ver com a alteração da capacidade de reparação do DNA das células cancerígenas, levando-as à apoptose (morte programada).

Ajuda na perda de peso; reduz as chances de hipertensão arterial; previne o câncer. Além disso, ele também pode trazer benefícios nos casos náuseas, dores musculares, doenças infecciosas e outras.

Benefícios do Chá de Ipê Roxo Para Saúde:

Adstringente;
Analgésico;
Antiblenorrágica;
Antimicrobiana;
Anti-inflamatória;
Anti-infecciosa;
Antitumoral;
Antinevrálgica;
Anti-sifilítica;
Antibactericida;
Antifungo;
Depurativo.


Contraindicações

É preciso ter em mente que ainda não há muitas pesquisas a respeito do Ipê-roxo e, por isso, o seu consumo deve ser restrito a certos grupos como gestantes, lactantes, e crianças.

Fique atento também à quantidade de chá que consome por dia, não ultrapassando a medida de 3 xícaras. O excesso dele pode causar sinais e sintomas indesejáveis como vômitos, diarreia, efeito anticoagulante e outros.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

https://www.dietaeboasaude.com.br/ipe-roxo-beneficios-como-fazer-o-cha/

https://www.saudedica.com.br/os-10-beneficios-do-cha-de-ipe-roxo-para-saude/

https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/4523-ipe-roxo-cura-cancer-beneficios

Colaboração: Maria Isabel (Terapeuta Fitoenergética)  curaverde.fitoenergetica@gmail.com

DEMAIS EPISÓDIOS AQUI

Imprimir ou Salvar em PDF

Print Friendly and PDF