background

Série Sabedoria Divina da Natureza




Olá! Saudações Dévicas! Esta é uma série que estou iniciando em parceria com as queridas Tania CamposDaniele Schutz, e Nicole Fontana, onde iremos abordar algumas variadas características de plantas de poder, ervas e árvores que nos ajudam em nossa caminhada espiritual. Se ressoar com o seu coração aproveite ao máximo dessa Sabedoria Divina da Natureza! Somos Um!

EPISÓDIO 01

O episódio de hoje está sendo dedicado a uma linda planta conhecida como Artemísia (Artemisa vulgaris).




É uma planta revestida de magia e mistério. Conhecida como "a erva da vida", "a erva das bruxas" ou “a deusa das plantas”. É considerada sagrada para os orientais.

Seu nome é em honra a Ártemis, a deusa grega, protetora dos partos; (Diana, entre os romanos, deusa da caça e da castidade).


Propriedades Espirituais


A artemísia auxilia a vidência; visão interior; estado de transe meditativo; viagens astrais; visões do futuro e sonhos psíquicos; e também ajuda na descalcificação da glândula pineal.

Recompõe a energia feminina, ajudando a mulher a resgatar sua feminilidade, maternalidade e sensibilidade.

Deve ser usada por pessoas que constantemente precisam de uma limpeza energética profunda e quando há necessidade de limpeza profunda de toxinas físicas e energética.

Queimada com o auxílio de um defumador no aposento de dormir ela elimina as energias negativas.

Na cultura Celta, durante a Idade Média, as folhas secas da artemísia eram penduradas na porta das casas servindo de escudo e de proteção contra espíritos indesejados. Pode ser utilizada com o mesmo propósito exposta em vasos ou em forma de guirlandas.

Os índios ainda usam a artemísia hoje em dia, para fins espirituais. Usam a erva para purificação do espírito, para dispersar doenças e forças negativas.

Travesseiros recheados de artemísia auxiliam nas viagens astrais e nos sonhos proféticos.

Nas pessoas que foram vítimas de possessão, mau-olhado, obsessões e larvas astrais, espalha-se a fumaça da artemísia seca e queimada pelo ambiente.

Ramos de artemísia presos à porta de casa evitam a entrada de energias negativas.

Usada como Floral (de Minas) a artemísia promove purificação do corpo físico, mental e espiritual; sendo ideal para situações de emergências onde a vibração mal qualificada dificulta o entendimento.

Artemísia é a erva da mulher, para recompor o Eu feminino, para ajudar a mulher a se integrar muito mais no seu papel, com sua maternalidade e sensibilidade. É ótima para mulheres que precisam ser sempre fortes, ou que não se assumem inteiramente, pois precisam fazer numa grande parte da sua vida, papel de homens. Essas mulheres têm normalmente problemas menstruais. Também é conhecida desde a antiguidade por ajudar nos partos.

Em geral, depois que você começa a tomar, demora algumas semanas para que surjam os primeiros resultados, mas, para algumas pessoas, bastam algumas horas para que elas já comecem a se sentir melhor.

Esta planta faz com que a pessoa se sinta pisando num terreno seguro e consiga olhar com mais objetividade para a própria vida. Em alguns casos, no entanto, ela pode interferir nos trabalhos de magia, pois amortece um pouco os sentidos e torna mais difícil a percepção das energias.


O incenso de Artemísia é bem procurado por ser também uma ótima opção.


Contra indicações


- Sucos e extratos são tóxicos. A infusão ajuda a eliminar parte da toxidade. Não deve ser utilizada por quem se encontra em tratamentos radioterápicos, gestantes ou durante a amamentação.

- Não se esqueça de que as ervas têm um princípio ativo assim como qualquer medicamento de farmácia, por isso não podem ser tomadas sem indicação de um especialista.

- Por ser uma erva abortiva, NÃO DEVE SER USADA por MULHERES GRÁVIDAS em hipótese alguma, como já citamos acima. Também não deve ser ingerida por crianças.
Também não é recomendado para mulheres que amamentam pois “amarga o leite”, segundo a sabedoria popular.



NotaEste artigo refere-se a tratamentos caseiros e naturais. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Propriedades Medicinais


Na antiguidade já era utilizada principalmente para cicatrizar feridas, queimaduras e tratamento para úlceras externas por meio de infusão das flores da artemísia em azeite de oliva.
A artemísia é a principal erva do aparelho uro-genital feminino. Previne doenças, regulariza o ciclo menstrual, alivia as cólicas.

Seu principal componente é um óleo essencial que varia de cor verde-azulada e amarelo-castanho que possui: adenina, colina, cineol e tujona, flavonóides, taninos, saponinas, resinas, artemisinina, e princípios amargos.

Suas propriedades medicinais conhecidas são o efeito de: analgésico, febrífugo, antiespasmódico, anticonvulsivo, diurético, sedativo, anti-inflamatório, tônico, calmante, digestivo, vermífugo (tênia, lombrigas e oxiúros) e regulador da menstruação. É uma das plantas mais completas na Flora Medicinal.

Partes Usadas: raiz, caule, folhas, flores (conforme a espécie).




Colaboração em Pesquisa: Tania Campos, Daniele Schutz, e Nicole Fontana.

Namastê!


EPISÓDIO 02

O episódio de hoje está sendo dedicado a uma planta muito poderosa conhecida como Manjericão (Ocimum basilicum).



Há séculos que o manjericão é conhecido e utilizado por diversas culturas, para diversos fins, sejam místicos, religiosos, medicinais ou culinários.

É reverenciado como uma planta imbuída de essência divina.
Traz prosperidade para aqueles que o carregam em seus bolsos e é utilizado em estabelecimentos comerciais (na soleira da porta ou perto do caixa) para trazer fregueses.

O manjericão dado como presente traz também prosperidade e abundância para uma casa nova.

Age como pacificador e integrador na família, daí ser chamado de erva da harmonia.

Transmuta a energia agressiva, transformando-a em vontade e força para uso em coisas mais importantes como metas e ideais. Ajuda a ter mais autoridade e empoderamento na vida e pelas coisas que nós queremos.

É ótimo para os desorganizados e indisciplinados. Ajuda-nos também a ver o brilho e o perfume da vida.

Na alimentação, atua como energizante. Por ser muito delicado, deve ser usado na cozinha delicadamente. Coloque-o sempre por último nos alimentos cozidos para que ele não perca os princípios energéticos.

É excelente para dar banho em crianças agressivas e que dormem mal.

O escalda-pés com manjericão é ótimo para quem está agressivo, com raiva e pronto para explodir. Tira a raiva na hora.

O chá de manjericão ajuda pessoas muito contidas a liberarem o Amor que há nelas.

Pode também ser colocado em vasos para evitar a entrada de energias negativas dentro de casa.

As compressas de manjericão (uma pasta pilada com as folhas) ajuda as mães que ficam com os seios doloridas ou com rachaduras depois da amamentação.

Os gargarejos com manjericão são ótimos para dor de garganta, aftas ou mau hálito.

Excelente para casos de confusão mental. Pode ser usado ainda como tintura ou vinagre, queimado no aromatizador ou aspergido.

Utilize em banhos de limpeza, saúde, cura e fertilidade.

É muito útil para cessar violência, abençoar e acalmar.

Protege contra todas as formas do mal e atrai boa sorte.

Cultivar manjericão, em um vaso ou em uma horta, traz paz e felicidade para a casa.

Esmague uma folha e inale o cheiro: ajuda a clarear a mente e o caminho correto irá se revelar.

Para proteção, coma o manjericão nos pratos que preparar com a devida visualização.

Outras tradições mágicas associadas à planta são para garantir a fidelidade dos casais, evitar discussões e atrair prosperidade.



Fitoenergética

Segundo o site (Link aqui), em matéria relacionada aos tipos de plantas e tratamentos, a Técnica da Fitoenergética refere-se a um método completo que explica como utilizar as ervas como tratamento para determinados tipos de situações, dores ou doenças.

De acordo com Bruno J. Gimenes, um dos sócios do site Luz da Serra, dentro do conceito de Fitoenergética, “o manjericão é um vegetal condutor”, tendo como uma de suas propriedades a capacidade de irradiar energia mental.


Como pode ser acompanhado no vídeo abaixo, Bruno ensina uma técnica de mentalização a ser praticada com a utilização de um galho de manjericão, quando tiver um objetivo a ser alcançado.


O procedimento da técnica se dará da seguinte maneira:

Separe e higienize um galho pequeno de manjericão. Logo após, passe a mão suavemente sobre este galho no mínimo seis vezes.

Em seguida, pegue esta energia que está fluindo, este aroma, este campo que você está potencializando e puxe na sua mente.

Segure o vegetal na frente da sua testa (tanto faz com que mão você vai segurar) e durante 60 a 70 segundos imagine sua meta como se já estivesse realizada.

Bruno ainda acrescenta a observação de que, para cada objetivo a ser alcançado, deverá ser realizado um exercício de 60 a 70 segundos de mentalização.

O mesmo finaliza a matéria sobre esta técnica, orientando que esta prática seja adotada diariamente assegurando que o praticante sentirá a diferença!


Propriedades Medicinais

Propriedades anti-bacterianas: O Manjericão protege o corpo contra vários ataques bacterianos. Ele contém vários óleos como stragole, linalol, cineol, eugenol, sabineno, mirceno e limoneno, que ajudam na prevenção de infecções bacterianas. Estes óleos têm aroma forte que mata os microrganismos no corpo.

Benefícios para o Coração: Ele contém magnésio, que ajuda a aumentar a flexibilidade dos vasos sanguíneos e melhora o fluxo sanguíneo. Ele contém anti-oxidantes que ajudam a diminuir o nível de colesterol LDL e aumenta o colesterol HDL. Manjericão é também uma fonte de vitamina A e contém beta-caroteno, que protege as células epiteliais dos radicais livres e impede a oxidação do sangue no corpo. Ele também impede a formação de placa e acúmulo de gorduras nas paredes das artérias.

Prevenção de Resfriado: O Manjericão é benéfico Resfriados, gripes e Frio. Muitas vezes, é adicionado no chá para obter um sabor forte e que fornece calor para o corpo. Folhas de manjericão são uma fonte de vitamina C, que ajuda a diminuir o muco na bronquite e previne infecções como a tosse e dores na garganta. além de ser benefíca para dengue e malária.

As Folhas de manjericão ajudam a inibir o Câncer: Manjericão é rica em antioxidantes que restringem o crescimento de células cancerosas. Ele contém flavonóides polifenólicos como orientin e vicenina que protege contra os radicais livres nocivos e impede que o processo de oxidação no corpo. Isso ajuda a diminuir a ocorrência de câncer de pele. Os antioxidantes não causar nenhum dano às células normais e danificar as células de câncer no corpo. Várias vitaminas como a vitamina A e vitamina E também ajuda na prevenção do câncer, como o câncer de mama!

Benefícios para a memória: Manjericão ajuda a melhorar o poder de retenção de uma pessoa. Ele é rico em corticosterona, que ajuda a melhorar a memória. O Manjericão ajuda no desencadeamento de circulação cerebral, reduzindo assim os danos cerebrais. Ela também ajuda no fortalecimento do sistema nervoso, e também conhecido por aliviar o stress.

Benefícios para a pele: O Manjericão tem propriedades anti-microbianas que o torna realmente benéfico para a saúde da pele. Ele pode ser aplicado diretamente sobre picadas de insetos, cortes, feridas e podem também ser usadas no tratamento de leucoderma. o Manjericão tem Vários antioxidantes e óleos essenciais que ajuda em retardar o processo de envelhecimento e manchas da pele. Ele protege contra os radicais livres e nutre a pele. Devido às suas propriedades anti-bacterianas que podem ser aplicadas diretamente sobre espinhas e também é eficaz contra o eczema.


Fonte: https://osegredo.com.br/2016/09/saiba-por-que-o-manjericao-e-planta-mais-magica-que-ja-existiu/

http://omanjericao.blog.br/2016/08/16/atuacao-do-manjericao-na-fitoenergetica/

http://fitoenergetica.com.br/video-tecnica-para-realizar-metas-com-a-fitoenergetica-e-a-magia-das-ervas/

http://www.saudedica.com.br/manjericao/

Colaboração: Tania Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.

Bênçãos!
Namastê!


EPISÓDIO 03

O episódio de hoje é dedicado ao querido Alecrim (Rosmarinus officinalis), que possui propriedades incríveis e é muito cheiroso.



Hoje encontra-se em praticamente todo o mundo, mas principalmente no sul da Espanha, França, Itália, Grécia, Portugal, nas ilhas Canárias, Açores e Madeira. Também é encontrado no norte da África, sendo mais comum no norte do Líbano, Egito e regiões da Turquia.

O alecrim sempre foi muito apreciado por suas virtudes aromáticas (erva forte da cozinha) e medicinais ( a partir da Idade Média). Emblema do amor e símbolo da saudade, o alecrim é considerado uma planta mágica contra mau-olhado.


Os gregos a denominavam “flor por excelência”, e dela se serviam para entretecer suas coroas, com as quais cobriam a cabeça por ocasião de certas festas. O alecrim era queimado nos santuários da Grécia antiga e o seu fumo era utilizado na idade média para desinfectar e também afastar maus espíritos. Nas escolas gregas eram usadas auréolas de alecrim nas cabeças das crianças para melhorar nos exames.


Na culinária é usado para dar aroma e sabor aos alimentos, sendo um ótimo aromatizador de vinagres e azeites.


No Caminho de Santiago é bem conhecida a receita de banhar os pés com o chá do “romero” para deixá-los mais fortes, resistentes e com a pele mais rústica, isto para suportar melhor as caminhadas de centenas de quilômetros.

É repelente natural de pragas caseiras, de moscas e borboletas. Colocada nos armários espanta as traças.

Fitoenergética

Função fitoenergética: acessa os registros akáshicos, libera traumas, medos e outros aspectos negativos registrados no ser, que estão "adormecidos". Gera vontade de mudar e conhecer o novo, incentiva a pessoa a ter sabedoria para viver e amar.

O Alecrim é um "costurador do Plexo solar".

Ele restitui rapidamente a energia perdida, dá mais estrutura de trabalho aos que lidam muito com o mental racional, é uma das ervas que ajuda na depressão e estados permanentes de cansaço por problemas emocionais.

Rudolf Steiner, criador da antroposofia (1918), afirmava que “o Alecrim é, acima de tudo, uma planta calorífera que fortalece o centro vital e age em todo o organismo.”

É uma erva que tonifica as pessoas e os ambientes. Agindo em conjunto com arruda, “segura” as energias de inveja, mau-olhado e fofocas.

Na Idade Média eram colocados raminhos de Alecrim nas almofadas para afastar os maus espíritos.

Ajuda também muito as crianças com uma estrutura emocional passiva, as que não respondem de forma concreta às agressões da vida. Aumenta a capacidade de aprendizado. É a planta chave da falta de auto estima.


Atua nos desconfiados, nos que não acreditam em si mesmos, nos que não têm coragem de se lançar em novos projetos; é a erva da juventude eterna...É A ERVA DA CORAGEM.

O escalda pés de Alecrim tira todas as energias negativas acumuladas durante o dia.

A Vassoura de Alecrim é usada para varrer miasmas e energias mal qualificadas das paredes , móveis, e chão das casas. Para entender o que são miasmas e como eles agem vide Aqui.


Banho de alecrim

O banho de alecrim serve para desimpregnar as larvas astrais, ajuda a afastar energias ruins e mal olhado e também ajuda a melhorar a energia do corpo e da mente. 


Quando inserido no banhos a intenção é realizar o equilíbrio emocional, fazendo com que a pessoa consiga perdoar as mágoas que atrapalham o funcionamento da sua mente e automaticamente restituir as energias perdidas com o passar do tempo e o desgaste emocional. É a erva mais indicada nos casos onde existe a necessidade para tratar problemas de questões emocionais e cansaço permanente. O banho de alecrim é muito indicado nos casos de falta de auto estima e também para aumentar a capacidade de aprendizagem tanto mental quanto racional. 

Para se fazer o banho de alecrim, você irá precisar pegar alguns galinhos de alecrim e lavá-los bem. Depois disso coloque o alecrim dentro de um recipiente que pode ser uma bacia ou um balde contendo ali uma média de três litros de água quente. Também esse recipiente e deixe ali por um tempo médio de uma hora para que ocorra o processo conhecido como fusão. 


Tome o seu banho regular de higiene pessoal normalmente, lavando principalmente a cabeça e os cabelos. Depois disso, antes mesmo de se secar, pegue a fusão de água e alecrim e vá despejando lentamente do pescoço para baixo. Lembre-se de mentalizar o seu pedido enquanto despeja o chá. 

Os seus pedidos de graça devem estar relacionados a esse poder de cura do alecrim, das enfermidades da mente e do espirito. Repita por diversas vezes o seu pedido e acredite profundamente nele. 


O banho de alecrim é recomendado para ser feito no período de quinze em quinze dias, ou então, quando a pessoa sentir a necessidade de fazer ele.

Contra-indicações

A essência do Alecrim pode ser irritante para a pele.

Não deve ser administrado no período de gravidez. (Em altas doses, por via oral, é abortivo).

O uso do alecrim durante a noite pode alterar o sono.

Não se recomenda o uso para prostáticos e pessoas com diarreia.

Convém não esfregar ou massagear diretamente o óleo de alecrim nas veias varicosas.

Hipertensos e epiléticos não devem utilizar o óleo essencial de Alecrim.

Superdosagem

Seu uso em quantidades exageradas pode causar irritação gastrintestinal. Seu uso prolongado pode resultar em gastroenterites e/ou nefrites.

Propriedades Medicinais

Combate à tosse, gripe e asma.

Por ser estimulante, o alecrim é indicado para controle da tosse e da gripe, além de combater crises de asma. As tosses acompanhadas com catarros também são eliminadas pelo alecrim devido a sua excelente ação expectorante.

Equilibra a pressão arterial.

A planta medicinal também é uma grande amiga para tratar a pressão alta, pois possui propriedades que ajudam a melhorar a circulação sanguínea.

Auxilia o tratamento de dores reumáticas e contusões.

Uma solução natural para o reumatismo que ajuda a aliviar as dores é utilizar compressas de alecrim. Pode-se aplicar o alecrim in natura ou o óleo essencial. Também é eficaz no tratamento de entorses e contusões.

É diurético e ajuda a digestão.

O alecrim é rico em minerais como o potássio, cálcio, sódio, magnésio e fósforo. A ingestão dessas vitaminas e minerais favorece a perda de peso por ter ação diurética. O chá do Alecrim é digestivo e sudorífero, o que faz aliviar os sintomas da má digestão. Além disso, auxilia na limpeza do fígado.

Auxilia a menstruação.

O chá do alecrim facilita a menstruação e alivia as cólicas menstruais.


Reduz gases intestinais.

Doses diárias do chá ou da tintura de alecrim são indicados para redução de gases intestinais, responsáveis pelo incômodo de muitas pessoas, por ter ação carminativa.

Combate o stress.

Conhecido por relaxar os nervos e acalmar os músculos, o alecrim aumenta o fluxo sanguíneo estimulando o cérebro e a memória. Por conter ácido carnósico, um ácido com propriedades antioxidantes essencial para o sistema nervoso, ajuda a lidar com situações de stress. Muito indicado para situações de estafa mental.

Tratamento de hemorroidas.

Para o tratamento via oral de hemorroidas inflamadas, o consumo da tintura do alecrim, por dez dias, pode ser eficaz.

Reduz o mau hálito.

A tintura diluída em água serve para bochechos contra o mau hálito, aftas, estomatites e gengivites.

Tratamento para o couro cabeludo.

Indicado como fortificante do couro cabeludo, como anti-caspa e também contra a queda de cabelo.


E pra finalizar, deixo aqui a canção popular do Alecrim que sempre me recordo quando penso nessa erva tão poderosa.

🎶

Alecrim, alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado


Alecrim, alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado

Foi meu amor
Que me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim

Alecrim, alecrim miúdo
Que nasceu no mato
Perfumando tudo

Alecrim, alecrim miúdo
Que nasceu no mato
Perfumando tudo

Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim

🎶

Fonte: Livro Fitoenergética - A energia das Plantas no equilíbrio da Alma - Bruno J. Gimenes.

http://curavegetal.blogspot.com.br/2012/05/o-alecrim-e-suas-propriedades-curativas.html

http://ciclovivo.com.br/noticia/10-beneficios-do-alecrim-para-a-saude/

Colaboração: Tania Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.


Bênçãos!
Namastê!



EPISÓDIO 04

O episódio de hoje está sendo dedicado a uma planta muito conhecida e muito utilizada, a Camomila, encantadora e com propriedades incríveis. Existem relatos sobre o uso da camomila desde os tempos do antigo Egito, em que era usada como sedativo.

Camomila é um dos nomes dados a diversas plantas que possuem flores parecidas com pequenas margaridas. Duas espécies de camomila se destacam por serem as mais cultivadas. São elas: a camomila alemã (Matricaria chamomilla) e a Camomila romana (Chamaemelum nobile ou Anthemis nobilis).



Fitoenergética

É a função do chá relacionada ao poder oculto, ou à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.

Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma simples oração no momento do preparo já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.


Uma das práticas que mais potencializa o efeito do Chá é o Ritual do Chá, é simples, objetivo e eficiente, conforme consta abaixo a técnica do Bruno J. Gimenes.

Modo de Preparo


> Coloque água quente dentro de uma xícara e pegue  um simples sache de chá comprado em supermercado mesmo.

> Você pode começar ativando com uma oração.

> Depois gire este sache no sentido horário sobre a xícara durante 10 a 30 segundos mantendo uma firme intenção positiva, de luz, cura, amor, saúde e sabedoria. Em seguida, saboreie o seu chá.


Propriedades Medicinais

É especialmente boa para melhorar a digestão, favorecer a expulsão dos gases intestinais, aliviar dores estomacais, evitar náuseas ou vômitos e para o tratamento de outras doenças como cólicas, gastrites, úlceras gástricas, etc.

Isto deve-se à capacidade da camomila para atuar como relaxante muscular e o seu poder anti-inflamatório que pode ajudar a reduzir a inflamação das mucosas do estômago e do intestino. Além disso, torna-se eficaz para aliviar as flatulências ou gases que se acumulam no trato gastrointestinal e, por sua vez, para evitar o vômito.

A camomila também ajuda a baixar os níveis altos de colesterol, pois ao conter a vitamina colina favorece a eliminação de gorduras do sangue. Por este motivo, recomenda-se às pessoas com problemas de colesterol que ingiram menos de duas xícaras diárias desta infusão para o regular e situar dentro dos níveis normais de colesterol.

Outra das propriedades medicinais mais populares da camomila é que ajuda a aliviar as dores menstruais bem como os espasmos que podem ocorrer nos dias anteriores à menstruação. Isto porque a camomila conta com ação estrogênica, as hormonas próprias da mulher, assim como o seu poder calmante.



Confira abaixo algumas opções do chá de Camomila e seus tratamentos.

Chá para acalmar e relaxar

Ingredientes:

2 colheres de chá de flores secas de Camomila.
1 xícara de água.

Modo de preparo:

Em 250 ml de água fervente adicionar as 2 colheres de chá. Tapar, deixar repousar durante cerca de 10 minutos e coar antes de beber. Este chá deve ser bebido 3 vezes por dia, e caso seja necessário pode ser adoçado com uma colher de chá de mel.

Além disso, para aumentar o efeito relaxante e sedativo deste chá pode ser adicionada uma colher de chá de erva-dos-gatos seca e de acordo com indicação do pediatra este chá pode ser usado por bebês e crianças para reduzir a febre, a ansiedade e o nervosismo.

Chá para tratar a má digestão e combater os gases

O chá de Camomila com Erva-doce e raiz de alteia possui uma ação que reduz a inflamação e acalma o estômago, ajudando também a reduzir os gases, a acidez no estômago e a regularizar o intestino.

Ingredientes:

1 colher de chá de Camomila seca;
1 colher de chá de sementes de Erva-doce;
1 colher de chá de mil-folhas;
1 colher de chá de raiz de alteia picada;
1 colher de chá de filipêndula;
500 ml de água fervente.

Modo de preparo:

A 500 ml de água fervente adicionar a mistura e tapar. Deixar repousar durante cerca de 5 minutos e coar antes de beber. Este chá deve ser bebido 2 a 3 vezes por dia ou sempre que for necessário.


Chá de Camomila para refrescar os olhos cansados e inchados

O chá de Camomila seca com sementes de funcho esmagadas e com flor de Sabugueiro seca quando aplicado nos olhos ajuda refrescar e a reduzir o seu inchaço.

Ingredientes:

1 colher de sopa de Camomila seca;
1 colher de sopa de sementes de funcho esmagadas;
1 colher de sopa de sabugueiro seca;
500 mL de água fervente.

Modo de preparo:

A 500 ml de água fervente adicionar a mistura e tapar. Deixar repousar durante cerca de 10 minutos, coar e colocar no frigorifico.

Este chá deve ser aplicado nos olhos usando uma flanela umedecida, aplicada sobre os olhos fechados durante 10 minutos sempre que for necessário. Além disso, este chá também pode ser usado para ajudar a tratar infecções vaginais, para acalmar e reduzir a inflamação da pele em casos de irritação, eczemas ou picadas de insectos ou pode ainda ser usado para tratar a psoríase.

Chá de Camomila para acalmar a dor de garganta

O chá de Camomila seca também pode ser usado para ajudar a acalmar a dor da garganta irritada e inflamada, devido ás suas propriedades que reduzem a inflamação.

Ingredientes:

1 colher de chá de flores secas de Camomila;
1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

Adicionar a Camomila a uma xícara com água fervente e deixar repousar até esfriar. Este chá deve ser usado para gargarejar a garganta, e pode ser usado sempre que necessário. Além disso, também pode ser usado para facilitar a cicatrização de gengivites e de estomatites.


Chá para acalmar o enjoo

O chá de Camomila seca com framboesa ou hortelã-pimenta ajuda a aliviar a náusea e o enjoo.

Ingredientes:

1 colher de chá de Camomila seca;
1 colher de chá de folhas secas de Hortelã-pimenta ou Framboesa;
1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

Adicionar a mistura a uma xícara de chá com água fervente. Tapar, deixar repousar durante cerca de 10 minutos e coar antes de beber. Este chá pode ser bebido 3 vezes por dia ou de acordo com a necessidade, porém não deve ser tomado por grávidas sem orientação do médico.

Chá para aliviar os sintomas de gripe e resfriado

O chá de Camomila seca ajuda a aliviar os sintomas da sinusite, inflamações no nariz e de gripes e resfriados, devido as suas propriedades que reduzem a inflamação.

Ingredientes:

6 colheres de chá de flores de Camomila;
2 litros de água fervente.

Modo de preparo:

Adicionar as flores secas a 1 a 2 litros de água fervente, tapar e deixar repousar durante cerca de 5 minutos.
O vapor do chá deve ser inalado profundamente durante cerca de 10 minutos e para um melhor resultado deve colocar o rosto sobre a taça e cobrir a cabeça com uma toalha grande.

Além disso a camomila pode ser utilizada em outras formas além do chá, como na forma de creme ou pomada, óleo essencial, loção ou tintura.

CONTRAINDICAÇÕES

O único real inconveniente de camomila é em caso de hipersensibilidade ou alergia à planta. Alguns médicos desaconselham o seu uso durante a gravidez, pois pode causar contrações prematuras. A dose adquirida porém para chegar a este efeito, deve ser muito alta, portanto, mesmo as grávidas que optam por utilizar o chá de camomila esporadicamente, devem ficar atentas para não exagerarem na dose.

O uso em crianças deve respeitar as doses recomendadas pelo pediatra, porque além de um certo limiar, a camomila pode conseguir exatamente um efeito oposto e fazer com que a criança fique nervosa e tenha dificuldades para adormecer.


Fonte: http://www.luzdaserra.com.br/cha-de-camomila-poderes-ocultos-e-funcao-fitoenergetica

https://www.tuasaude.com/beneficios-do-cha-de-camomila/

https://saude.umcomo.com.br/artigo/quais-sao-as-propriedades-medicinais-da-camomila-5129.html


https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem-estar/2698-camomila-propriedades-usos-e-contraindicacoes

Colaboração: Tania Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.


EPISÓDIO 05

O episódio de hoje está sendo dedicado a uma planta muito linda e perfumada, Jasmim, encantadora e com propriedades singulares. É uma planta medicinal, também conhecida como Jasmim-amarelo, Jasmim-branco, Jasmim-da-china ou Jasmineiro, muito utilizada para reduzir o estresse, devido ao seu efeito relaxante.

Nativo da região do Himalaia, Índia, Paquistão e partes da China, é bastante conhecido. Seu óleo essencial é usado como sedativo e antidepressivo.

O seu nome científico é Jasminum officinale e pode ser comprado em lojas de produtos naturais, feiras livres e farmácias de manipulação. Além disso, é possível encontrar sachê de jasmim em alguns mercados.

Uma planta correlata, Jasminum grandiflorum, é conhecida como " jati " na Índia e é considerada um tônico espiritual para fortalecer o amor e a paixão.



Fitoenergética


Na Fitoenergética, o chá de jasmim:



  • Gera pureza nos pensamentos;

  • Purifica as emoções e as inferioridades;

  • É indicado contra vícios como cigarro, álcool, drogas e jogos;

  • Purifica e desintoxica o organismo, é um repelente contra invasões obsessivas em geral.



Tem a propriedade de trazer os aspectos do divino para tudo. Se você quer um toque da pureza e perfeição divina e angelical, essa é a função do jasmim.

CHÁ E SUA FUNÇÃO FITOENERGÉTICA

É a função do chá relacionada ao poder oculto, ou à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.

Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma simples oração no momento do preparo já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.

A outra grande vantagem é que, se você usar exatamente como o método da Fitoenergética recomenda, você não terá qualquer tipo de contraindicação e poderá usá-la associada a qualquer outro tipo de tratamento que você ou alguém que você queira ajudar esteja recebendo.



Outros Usos além do sachê



Infusão - Use 6 flores frescas de jasmim em uma xícara de água fervente e deixe descansar por 5 minutos. Tome duas ou três vezes ao dia para aliviar o estresse ou para depressão leve.

Óleo de Massagem - Adicione 2 gotas de óleo essencial em 5ml de óleo amêndoa e use em massagens para aliviar a tensão, combater insônia ou depressão. Coloque 20 gotas de óleo essencial em 30ml de óleo de amêndoa e use para massagear o abdômen no início do trabalho de parto. Essa mesma mistura serve para aliviar cólicas menstruais.

Aromatizador - Use 3 gotas do óleo essencial em um difusor de aromas para amenizar problemas sexuais como impotência ou frigidez. Antes da relação sexual, uma massagem mútua entre parceiros, com 5ml de óleo de amêndoa e 2 gotas de óleo de jasmim, também pode ajudar.

Propriedades Medicinais

As principais propriedades das flores de jasmim são:

  • Analgésicas;
  • Antioxidantes;
  • Antibacteriano;
  • Anti-inflamatórias;
  • Calmante;
  • Digestivas;

O consumo de chá com folhas de jasmim pode proporcionar diversos benefícios para o indivíduo. Uma particularidade interessante é que, por ser um poderoso antioxidante, o jasmim combate radicais livres e assim desacelera o envelhecimento precoce, além de reduzir as rugas e linhas de expressão.

O consumo regular de flores de jasmim também reduz o mau colesterol, diminui o risco de desenvolver cancros e previne o aparecimento de problemas cardíacos. Ainda, é eficaz no combate contra toxinas e bactérias que por vezes afetam o organismo e provocam males como diarréia, resfriados, gripes e cólera. Eleva a imunidade do organismo, evitando que se contraia com facilidade muitas doenças.

Mais um ponto positivo para as flores de jasmim é que elas aceleram o metabolismo. Isso mesmo, com o metabolismo acelerado o corpo eliminará maior quantidade de calorias de forma mais rápida, contribuindo para o emagrecimento.

Pessoas estressadas, ansiosas ou que sofram de síndrome do pânico e hiperatividade também são beneficiadas pelo consumo da planta, que é um calmante poderoso, eliminando o estresse e a ansiedade de forma contínua e progressiva, contribuindo para melhor qualidade de vida e noites de sono tranquilas.


Contraindicações

Não estão descritas contraindicações para a utilização do jasmim nem efeitos colaterais, porém sempre fique atento a dosagem, pois tudo em excesso não é saudável, e se tiver alguma doença de pele deve consultar o seu médico antes de usar o óleo essencial da planta. 


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

http://www.luzdaserra.com.br

http://www.ervasmedicinaiscuram.com

https://www.tuasaude.com

https://www.chabeneficios.com.br

Colaboração: Tania Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.

Bênçãos!

Namastê!



EPISÓDIO 06

O episódio de hoje está sendo dedicado ao querido e muito conhecido, Hortelã, com propriedades incríveis, mas deve-se tomar cuidado, veja as contraindicações no final do post. 

A hortelã (Mentha) é uma planta de origem asiática, que hoje se tornou a planta mais usada em todo o mundo, principalmente devido a seu aroma, presente nas folhas. Ela pode ser encontrada atualmente na culinária e na composição dos mais diversos produtos que vão das clássicas gomas de mascar de hortelã, a remédios e até mesmo produtos de limpeza. Mas além do aroma bastante agradável, a hortelã possui diversas propriedades medicinais e fitoenergéticas, que, se aproveitadas da maneira correta, podem contribuir para uma boa saúde dos corpos físico, etérico, mental e espiritual.





Como fazer o chá de hortelã?


Para o preparo do chá é preciso uma quantidade considerável das folhas da hortelã.  As coloque numa chaleira ou panela comum e as deixe ferver por um período de cinco a dez (5 a 10) minutos, não mais que isso, pois as folhas podem perder parte de suas propriedades. Após a fervura o chá, que é servido à temperatura ambiente, pode ser adoçado a gosto, mas com moderação para que suas propriedades sejam preservadas. (É recomendado tomar QUALQUER chá sem uso de quaisquer adoçantes/açúcares, a pureza conserva as melhores propriedades, mas se for necessário adoçar use de preferência algo natural como o mel, agave, ou melado de cana, em pouquíssima quantidade).




Fitoenergética


Na Fitoenergética, o chá de hortelã:

- Abre caminhos na vida;
- Ajuda a entender e trabalhar dificuldades com o pai;
- Elimina a hipocrisia e a falsidade;
- Gera efeito analgésico;
- Elimina fibromas;
- Reduz o estresse;

- Ajuda a mudar o pensamento e a gerar vitalidade energética geral em casos de câncer.


CHÁ E SUA FUNÇÃO FITOENERGÉTICA


É a função do chá relacionada ao poder oculto, ou à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.

Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma simples oração no momento do preparo já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.


Veja abaixo uma técnica bem interessante para eliminar a confusão mental e expandir a consciência através do hortelã postada pelo Canal Luz da Serra


Propriedades Medicinais



1 - Uma das principais qualidades da hortelã é que ajuda a combater problemas digestivos, graças às suas propriedades antiespasmódicas e carminativas. Recomenda-se tomá-la em infusão em caso de indigestão, flatulências, cólicas, etc.

No entanto, é importante referir que o consumo de grandes quantidades de hortelã pode gerar problemas gastrointestinais, pelo que não se recomenda o seu consumo a pessoas que tenham úlcera, acidez estomacal ou problemas gastrointestinais.



2 - Além disso, também funciona como expectorante, é benéfica para tratar as doenças respiratórias. Devido ao conteúdo em mentol, se tornará bastante útil no caso de mucosidade nas vias respiratórias, de modo que se recomendam as infusões de hortelã no caso de resfriado, sempre com uma consulta médica anteriormente.

3 - Outra das propriedades da hortelã é o fato de atuar como antisséptico e analgésico, por isso, um dos seus usos externos é a limpeza e tratamento de feridas. Da mesma forma, misturando infusão de hortelã com azeite conseguiremos um bom remédio contra as queimaduras.

4 - Também se pode usar esta erva medicinal para combater as dores menstruais, uma vez que a hortelã atuará como antidismenorréico.





Contraindicações

Por fim, é sempre bom lembrar que é preciso ter cuidado no consumo de plantas medicinais. As mesmas não podem ser usadas de modo irrestrito e por conta própria quando se fala de algum tratamento à base destas plantas.

Seu consumo é contraindicado para crianças, devido à sua mucosa ainda ser bastante sensível, podendo ser irritada pela planta que pode vir até a causar falta de ar.

A Hortelã é contraindicada para grávidas, mulheres a amamentar, crianças com menos de 5 anos e pacientes com refluxo ou hérnia de hiato.

Fique sempre atento à dosagem. Os efeitos colaterais da Hortelã podem incluir alterações no trânsito intestinal, como diarreia ou prisão de ventre ou reações de alergia, com sintomas como vermelhidão, coceira e urticária na pele.


Fonte: https://www.chabeneficios.com.br/cha-de-hortela-conheca-seus-beneficios-e-propriedades/

https://saude.umcomo.com.br/artigo/quais-sao-as-propriedades-da-hortela-2476.html

https://www.tuasaude.com/hortela/

http://www.luzdaserra.com.br/cha-de-hortela-poderes-ocultos-e-funcao-fitoenergetica

GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.


Colaboração: Tânia Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.



EPISÓDIO 07


O episódio de hoje está sendo dedicado a uma planta muito poderosa e bem conhecida, a Arruda, com propriedades incríveis que você verá a seguir, mas tenha cuidado ao usá-la.

Tem origem na Europa Meridional. Cultivada em várias regiões do mundo como planta medicinal e tradicional. Desde a mais remota antiguidade a arruda (Ruta graveolens L.) foi tida na Europa e África com planta mágica, usada em rituais de proteção, especialmente em  crianças, contra o mau-olhado, defesa contra doenças e para a realização de sonhos e desejos. A planta toda exala um forte cheiro, gerado pela presença de seu óleo essencial.




Fitoenergética




A arruda é um dos maiores termômetros de ambientes pois, quando plantada, indica a qualidade da energia local, que pode ser medida pela vitalidade da planta. Não vai bem na presença de pessoas não realizadas ou frustradas. Já quando utilizada nos compostos fitoenergéticos, ajuda a liberar o choro reprimido e a tristeza interiorizada. Dá força para superar os desejos não realizados, elimina a frustração e o sentimento de fracasso, ajuda a limpar traumas e insatisfações que tornam a pessoa amarga, reclamona e chata.

Emite vibrações positivas

Esta poderosa erva transforma as energias negativas que ela absorve em vibrações positivas, ajudando a criar um ambiente sereno e agradável. A arruda ainda transmite calma e ajuda a aflorar o poder da vontade, contribuindo para uma vida pacífica e próspera.

*******

Segue abaixo um vídeo da Amanda Dreher com uma TÉCNICA DE LIMPEZA EMOCIONAL utilizando o óleo essencial da Arruda, mas pode-se usar um galhinho da mesma também.


Também temos uma dica da querida Tânia Campos, colaboradora dessa série, uma técnica para melhorar a visão:

Diz ela: "Ter um pé de arruda plantado perto da cada facilita! Acordar cedo, para aproveitar o orvalho que fica nas folhas da arruda, aproximar o rosto da planta e balançar um galho com um movimento de baixo para cima fazendo com que as gotas respinguem dentro dos olhos como se fosse um colírio"

Ela aprendeu essa técnica com uma senhorinha que a faz diariamente e já tem 80 anos, enxergando muito bem!

Acredito que não é necessário nem mesmo encostar a planta nos olhos, apenas deixar pingar o orvalho mesmo, funciona como um condutor de energia! "Energia em forma de colírio!" diz ela.


Propriedades Medicinais

- Adstringente;
- Analgésica;
- Anti-asmática;
- Anti-epiléptica;
- Antiespasmódica (reduz contrações musculares involuntárias);
- Anti-helmíntica (elimina vermes);
- Anti-histérica;
- Anti-inflamatória;
- Antinevrálgica (redução de dores do sistema nervoso);
- Bactericida;
- Calmante;
- Carminativa (eliminador de gases intestinais);
- Cicatrizante;
- Anti-fungos (ajuda a tratar infecções causadas por fungos, como micose, dermatite e pé de atleta. Dependendo do caso, ela pode ser aplicada diretamente na pele para iniciar o processo de cura).
Eficaz contra veneno (esta erva funciona como um antídoto natural contra diversos tipos de veneno. Em caso de intoxicação, ela pode induzir o vômito antes que o veneno passe pelo processo digestivo e cause mais problemas, ela também é eficaz no caso de picadas de diferentes insetos e até de cobra, que contém veneno neurotóxico).

CONTRA INDICAÇÕES


É completamente contra indicado em gestantes, lactantes, para tratar hemorragias, cólicas menstruais e em quem tenha sensibilidade da pele.

Entre os efeitos secundários ou efeitos colaterais: conhecidos estão para além das hemorragias, contrações da musculatura do útero, com possibilidade  de sangramento e com conseqüente aborto, podendo levar inclusive à morte da gestante, fica presente no leite da lactante,  dores epigástricas, cólicas, vômitos, contração das pupilas e convulsões.

Portanto, tenha cuidado e responsabilidade ao usar essa planta.


Fonte: http://www.cultivando.com.br/plantas_medicinais_detalhes/arruda.html

https://nplantas.com/arruda-contra-indicacoes-e-efeitos-secundarios/

https://melhorcomsaude.com/usos-magicos-da-arruda/

Colaboração: Tânia Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.

Bênçãos!
Namastê!



EPISÓDIO 08


O episódio de hoje está sendo dedicado a uma planta poderosa e muito usada na medicina popular, a Espinheira-santa, que já era utilizada pelos índios há muito tempo, tem esse nome por causa de suas folhas, que tem pontas, lembrando espinhos e por ser considerada um “santo remédio”! A Espinheira-santa (Maytenus ilicifolia) é uma árvore de porte pequeno, chega aos cinco metros de altura, ramificada e produz pequenos frutos vermelhos ou alaranjados. Tem fácil adaptação a solos mais úmidos, pode se desenvolver entre outras árvores, como o interior de bosques não muito densos ou a pleno sol. É ótima escolha para ações de conservação e uso sustentável.



Partes utilizadas da Espinheira-santa


Costumam ser utilizadas as folhas, as cascas e as raízes da espinheira-santa no preparo de chás medicinais, infusões que tanto podem ser usadas interna quanto externamente, para tratamentos cicatrizantes de pele.

Os índios brasileiros sempre utilizavam a espinheira-santa para combater tumores e daí veio um dos seus nomes populares: erva-cancerosa. Na medicina popular, esta planta é indicada para dezenas de enfermidades, especialmente do aparelho digestivo.


Fitoenergética



- Elimina vertigens; 
- Desintoxica o campo energético do sangue;
- Purifica os sentimentos de amor e compaixão; 
- Ajuda a filtrar emoções;
- Elimina as oscilações de humor, o mau humor e a timidez;
- Traz resistência energética contra resfriados.

Modos de uso da Espinheira-santa


As partes utilizadas da espinheira santa são as suas folhas, casca e raízes.

Chá de Espinheira-santa: colocar 1 colher (sopa) das folhas secas de espinheira-santa numa xícara e cobrir com água fervente. Deixar descansar por 10 minutos, coar e beber a seguir. Tomar 3 vezes ao dia.

Cápsulas de espinheira santa: tomar 1 ou 2 cápsulas de espinheira-santa antes das principais refeições.

Propriedades Medicinais



- Combate úlcera de estômago;
- Combate Gastrite;
- Males do aparelho digestivo;
- Trata tumores;
- Antisséptico;
- Antiespasmódico;
- Anti-inflamatória;
- Diurético (acaba com a retenção de líquidos, o que ajuda a emagrecer);
- Antiasmático;
- Antitumoral;
- Ajuda a combater o vício do álcool;
- Combate enfermidades do fígado;
- Trata a hidropisia pelo abuso do álcool;
- Cicatrizante;
- Tonificante.

Contraindicações


O consumo desta planta é proibido às gestantes, pois pode provocar contrações uterinas e até mesmo aborto. Lactantes também não devem utilizar a planta, já que reduz a produção de leite.


Efeitos colaterais da Espinheira-santa:



A espinheira santa pode causar sensação de boca seca e náusea, que desaparecem com o uso contínuo do medicamento.





Fonte: Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma – Bruno J. Gimenes



https://terapiasnehana.wordpress.com/2013/11/13/propriedades-das-plantas/

https://www.tuasaude.com/espinheira-santa/

http://www.remedio-caseiro.com/espinheira-santa-beneficios-do-cha-deste-santo-remedio/

Colaboração: Tânia Campos, Daniele Schutz, Nicole Fontana.

Agradecimento especial a querida Ivana Palmieri pela indicação dessa maravilhosa planta.

Bênçãos!
Namastê!


EPISÓDIO 09

O episódio de hoje está sendo dedicado ao querido e popular Anis-estrelado (Ilicuim verum). O Anis-estrelado ou anis estrela é uma erva originária da China e do Vietnã. Considerado uma grande especiaria de uso medicinal e culinário.

É uma árvore que pode chegar a até 10 metros de altura produzindo pequenas flores amarelas.

Suas folhas são largas e de verde muito intenso, e o que mais caracteriza esta planta são seus frutos na forma de estrela, sendo que no interior de cada “ponta” existe uma semente.

Esta árvore parece com o pé de eucalipto, e pode produzir até 4.000 frutos por colheita.

Possui coloração marrom e forte aroma característico, sendo muito mais forte que a erva-doce ou o funcho.

Muito rico em óleos essenciais, são utilizados principalmente como aromatizantes.





Modo de uso

Infusão: uma colher de café (já existe a versão em pó) de anis-estrelado, ou coloque 1 ou 2 'estrelas' em uma xícara de água fervente. Deixe esfriar um pouco e está pronto para consumo.

O indicado para que você usufrua dos benefícios que o chá tem, é consumir a bebida de duas a três vezes ao dia. Pode também acrescentar no chá, canela, mel ou gengibre, para melhorar o sabor.


Fitoenergética




É uma planta de influência venusiana, portanto o banho com essa erva ajuda na área de relacionamentos afetivos, e como defumação aliada a outros componentes tem como função abrir os caminhos amorosos e propiciar boas amizades, bons caminhos, paz e triunfo.

Propriedades Medicinais




O Anis-estrelado fornece cerca de 330 calorias por 100 gramas do seu consumo. Ele é rica em carboidratos, proteínas, fibras e gordura. Ele contém gordura saudável na forma de ácido gordo mono-insaturado e ácido gordo poli-insaturado e tem uma baixa quantidade de gordura saturada. Além disso, ele é rico em Vitamina A e Vitamina C e dos minerais, como o Ferro, Magnésio, Cobre e Cálcio.

Um chá do Anis-estrelado é um bom remédio para evitar dores de gases e Inchaço. Além disso, é rico em fibra alimentar, ele também ajuda na ligação das partículas de alimentos que promovem o movimento do intestino.

- Carminativo;

- Digestivo e eupéptico;

- Estimulante;

- Diurético;

- Antiespasmódico;

- Expectorante;

- Emenagogo;
- Analgésico;
- Antimicrobiano.

Contraindicações


Se você está grávida ou está em período de amamentação. Lembre-se que tudo acontece com o bebê.

Crianças com menos de seis anos, porque pode haver risco de alergia e intoxicação.

Sensibilidade ao anis ou a determinadas substâncias em sua composição, como o anetol ou os óleos essenciais.

Se você sofre de alguma doença do sistema nervoso, porque pode ter um efeito convulsivante.

Pode ocorrer sensibilização, muito raramente, com o uso continuado, portanto consuma sempre nas doses terapêuticas indicadas.


Fonte: https://terapiasnehana.wordpress.com/2013/11/13/propriedades-das-plantas/

http://limpezasenergeticas.blogspot.com.br/2012/05/propriedades-magicas-ervas-e-plantas.html

https://www.saudedicas.com.br/plantas-medicinais/anis-estrelado-propriedades-e-beneficios-0450770

http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/anis-estrelado.html#.WVl5iPnR_IV

Colaboração: Tânia Campos, e Daniele Schutz.


EPISÓDIO 10

O episódio de hoje está sendo dedicado a uma árvore que eu particularmente gosto muito, nativa do Sri Lanka onde foi achada há milhares de anos. A Canela (Cinnamomum verum) uma das mais conhecidas e a melhor especiaria disponível em termos de sua nutrição e saúde. Contém propriedade curativa que vem dos componentes ativos nos óleos essenciais achados no seu córtex.



Fitoenergética


Além disso, essa maravilhosa especiaria também:

Trabalha a unificação da alma e da personalidade;

- Amplia a visão extrafísica;

- Eleva a consciência;

- Ajuda a enfrentar os desafios da vida; 

- Dá leveza ao pensar;

- Desenvolve a paz interior;

- Ajuda no autoconhecimento.

CHÁ E SUA FUNÇÃO FITOENERGÉTICA

É a função do chá relacionada ao poder oculto, ou à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.

Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma simples oração no momento do preparo já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.

Propriedades Medicinais



Diminui o colesterol:
Os estudos mostraram que meia porção de canela incluída em uma dieta diária pode diminuir o colesterol e as triglicérides.

Reduz níveis de açúcar no sangue e auxilia no tratamento da diabetes tipo 2:
Vários estudos mostraram sensibilidade da insulina e controle melhorados da glicose no sangue são por causa da ingestão de meia canela por dia.

Desequilíbrio cardíaco:
A canela consolida o sistema cardiovascular de tal modo que blinda o corpo de desordens relacionadas ao coração. Acha-se que o cálcio e a fibra presentes em canela proporcionam a proteção contra doenças cardíacas.
Incluindo um pouco canela na comida ajuda aos que sofrem de doença da artéria coronária e da pressão arterial alta.
Além disso, a combinação de cálcio e de fibra presentes na canela pode ajudar a não utilizar a bílis, que previne dano às células, assim previne o câncer de cólon.

Cáries:
A canela se utilizou tradicionalmente para tratar dor de molares e para agir contra a má respiração. Os pequenos pedaços de canela se pode mastigar, ou gargarejar com água da canela que serve como bom inibidor de mau hálito.

Problemas respiratórios:
O canela é remédio caseiro muito útil para os frios comuns ou severos. Quando em mau estado respiratório a pessoa deve tomar uma colher de sopa de mel com 1/4 pó da canela por 3 dias. Este processo curará a tosse mais crônica e os sintomas.
Canela também pode ajudar a curar a gripe.

Tônico do cérebro:
A canela impulsiona a atividade do cérebro e, portanto atua como bom tônico do cérebro. Ajuda na eliminação de perda nervosa da tensão.
Também, os estudos mostraram que cheirar canela pode impulsionar a função cognoscitiva da memória, o funcionamento de certas tarefas e aumenta a vigilância e concentração.

Infecções:
Devido a suas propriedades antibacterianas, antivírus, anti parasitas e anticépticas, é eficaz em infecções externas e internas. A canela pode ser eficaz contra a candidíase, úlceras estomacais e principalmente piolhos.

Facilita ciclos da menstruação:
A canela também é útil para a saúde das mulheres enquanto que ajuda no abastecimento de alívio de remover o obstáculo menstrual e de outros mal-estares femininos.

Reduz dor das artrites:
A especiaria da canela contém os compostos anti inflamatórios que podem ser úteis na redução da dor e da inflamação associados a artrites.

Tônico digestivo:
A canela deve ser acrescentada na maioria das receitas. À parte da adição de sabor à comida, ela também ajuda na digestão. A canela é muito eficaz para a indigestão, a náusea, vômitos, o mal-estar estomacal, a diarreia e a flatulência. É muito útil na eliminação do gás do estômago e dos intestinos. Também tira acidez, diarreia e náuseas matinais. Refere-se como tônico digestivo.

Reduz infecções de vias urinárias:
Pessoas que comem a canela tem menor propensão a desenvolver infecções de vias urinárias. A canela é diurética de natureza e ajuda na secreção e na eliminação de a urina.

Ação anticoagulante:
Um composto encontrado na canela chamado como cinamaldeído foi bem investigado para desvendar seus efeitos sobre as plaquetas do sangue. As plaquetas são os componentes do sangue que significam agrupar juntos sob circunstâncias de emergência (como a lesão física) que é uma maneira de parar de sangrar, mas sob circunstâncias normais, ela pode fazer o fluxo de sangue inadequado e se agrupar juntas. O cinamaldeído ajuda prevenir que a canela agrupe plaquetas de sangue.

Conservante natural da comida:
Quando é acrescentado à comida, previne a proliferação e crescimento bacteriano na comida, fazendo-lhe de um conservante natural na comida.

Dores de cabeça e enxaqueca:
A dor de cabeça devido à exposição ao vento frio é curado facilmente aplicando uma borracha fina da canela pulverizado misturado em água na testa.

Melhora a circulação de sangue:

A canela é um agente de redução do sangue que também atua para aumentar a circulação. Esta circulação de sangue ajuda na eliminação de dor. A boa circulação de sangue também assegura o abastecimento de oxigênio às células de corpo que levam a uma atividade metabólica mais alta.

Contraindicações

Deve-se tomar cuidado, pois consumir canela demais pode aumentar a pressão arterial.

E também há uma advertência a quem ingerir canela, deve ser feito em pequenas quantidades (tudo em excesso faz mal não é?!) e não pode ser utilizada por mulheres grávidas.

A canela tem propriedades antibióticas naturais, por isso, você deve evitar consumi-la quando estiver tomando antibióticos. O que acontece é que ela pode alterar a forma como essas drogas agem no corpo.

Pessoas com síndrome do intestino irritável ou úlceras devem fazer uso moderado do chá de canela para evitar agressões às paredes do estômago.

Quem é diabético e faz uso de medicação para reduzir a glicose precisa tomar cuidado com o chá de canela pois a combinação dos dois pode abaixar demais os níveis de açúcar no sangue, levando ao coma.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012

http://www.beneficiosdacanela.com/tudo-sobre-a-canela/

http://www.luzdaserra.com.br/cha-de-canela-poderes-ocultos-e-funcao-fitoenergetica

Colaboração: Tânia Campos, Daniele Schutz.

Agradecimento especial a querida Geni Lopes pela contribuição de Sabedoria.

Bênçãos!
Namastê!



EPISÓDIO 11


O episódio de hoje está sendo dedicado a uma flor muito especial que nos oferece beleza, alimento, e cura; conseguindo a proeza de unir essas três peculiaridades, é interessante que nos detenhamos sobre ela com maior afinco e cuidado para que possamos usufrui-la. É o caso da Calêndula (Calendula officinalis).

É originária da Europa meridional e se relaciona intimamente com o sol. Curiosamente, essa flor abre suas pétalas assim que o sol nasce e as fecha na hora em que ele se vai. Aliás, seu nome é derivado de uma palavra latina - calendae - que significa "primeiro dia de cada mês", de onde se derivou também a palavra calendário (que, sabe-se, é baseado no ciclo solar).

O sol é responsável pelo florescer das pétalas e quando ele se põe, o botão se fecha.

A calêndula é uma flor comestível, sendo muito usada sobre pratos frios, como saladas e sopas frias. Considerada também um ótimo fitoterápico.


Fitoenergética


O chá de calêndula também:

- Cria responsabilidade pelo ciclo da vida;

- Traz vontade de ter filhos com amor e respeito;

- Ajuda a criar vínculo de carinho e respeito pelos seres em geral.

- Adiciona alegria e amor à vida;

- Eleva a frequência dos pensamentos.

Infusão: 2 colheres de sopa das flores da calêndula em 1 xícara de chá de água fervente e deixar descansar por 5 minutos. Tomar 1/2 xícara de manhã e meia xícara à noite.


Propriedades Medicinais

A calêndula é uma ótima forma combater a pele ressecada. Essa planta medicinal pode ser utilizada nas saladas, em forma de chá e como remédio.

– Anti-inflamatório, antiséptico, desinfetante, cicatrizante (favorece a formação de tecido de granulação), hemostático, antioxidante.

Em uso externo (creme, pomada, loção, óvulo):

Lesões cutâneas: feridas, machucados, contusões, queimaduras leves, queimaduras solares, pé-de-atleta, micoses vaginais, “roxos” (equimoses), hematomas, impetigo, prurido anal, furúnculos, picadas de insetos, ajuda a cicatrizar feridas de diabéticos, hemorróidas, eczema, assaduras, varizes.

Tenha cuidado para não aplicar pomada de calêndula em uma ferida aberta (sangrando)!

Em uso interno: problemas hepáticos, menstruação complicada, dor de garganta ( fazer gargarejo), tosse, resfriado, febre.

Preparações a base de Calêndula incluem:

– Pomada ou creme de calêndula;
– Tintura de calêndula;
– Infusão (em uso externo, em caso de micose dos pés)
– Decocção
– Spray de calêndula (ajuda a cicatrizar feridas de diabéticos, em venda no Brasil nas farmácias de manipulação)
– Tintura-mãe
– Banhos

Cultivo


Para cultivar calêndulas, você vai precisar de um elemento básico: luz do sol. A planta precisa de no mínimo 4 horas diárias de sol direto. A mistura de solo indicada para o plantio deve ser rica em matéria orgânica: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de terra vegetal e 2 partes de composto orgânico. O ideal é adquirir as mudas já prontas, pois no plantio por meio de sementes o resultado é mais demorado. 

Lembre-se de regar a planta sempre que a terra apresentar-se seca - como a calêndula gosta de solo sempre úmido, é recomendável regar dia sim dia não e, nos meses mais quentes, todos os dias.

Se você mesmo colher as flores de calêndula, seque-a rapidamente para evitar que haja perda das suas propriedades. Para secar as flores, se possível fazê-lo sobre um papel neutro, não utilizar jornal (pois a tinta do jornal pode conter substâncias nocivas).

Contraindicações

Não deve ser utilizada por GESTANTES em hipótese alguma. Pode causar náuseas e vômitos.

Também não deve ser usada em feridas abertas (no caso de uso externo com pomada ou loção a base de Calêndula pois pode causa irritação).

Lembrando sempre de que tudo em excesso não é saudável.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

http://www.luzdaserra.com.br/cha-de-calendula-poderes-ocultos-e-funcao-fitoenergetica

https://www.criasaude.com.br/N2157/fitoterapia/calendula.html

http://jardinagemepaisagismo.com/a-calendula.html

Colaboração: Tânia Campos e Daniele Schutz.


EPISÓDIO 12

O episódio de hoje está sendo dedicado ao querido Açafrão, essa poderosa raíz é muito especial, nos fornece alimento e cura. O açafrão-da-terra, também conhecido como cúrcuma, açafrão da índia e gengibre amarelo, é uma raiz da família do gengibre. No mundo todo há mais de 100 espécies da família Cúrcuma, mas o açafrão que consumimos vem da Curcuma longa. A raiz é utilizada há mais de 4000 anos no Oriente Médio e na Ásia, tanto na Medicina Ayurvedica como na Medicina Tradicional Chinesa, como um potente fitoterápico.

Importante dizer que o açafrão também ajuda muito no processo de descalcificação da glândula pineal.



Quantidade recomendada

Caso compre a raiz inteira utilize uma ou duas rodelas por dia. Se for ingerir o pó de açafrão a orientação é uma ou duas colheres de chá diariamente. Podem usar o quanto considerarem mais conveniente, o importante é a regularidade, que o açafrão-da-terra faça parte da rotina alimentar.

Como consumir

Quando a pessoa adquire a raiz inteira a orientação é usar as rodelas no suco, ralado na salada ou na preparação de outros pratos. Use o tempero em pó à vontade em sopas, pães, bolos, biscoitos, omeletes, tapiocas, cozidos, legumes, arroz, feijão, ervilha, etc. A versão em pó também pode ser utilizada em sucos.

Por ser um pó, não é bom consumir o açafrão a seco, polvilhado na salada, por exemplo. Isto porque há maior risco de engasgue. Ele pode ser misturado em qualquer tipo de líquido, como no preparo dos alimentos ou na confecção de molhos para salada. Vale misturar com azeite, óleo de coco, maionese, leite, iogurte, manteiga, etc.

Combinações

É interessante combinar a cúrcuma com a pimenta do reino a fim de aumentar a biodisponibilidade (absorção). A pimenta do reino é rica em um flavonoide chamado piperina, que aumenta a absorção de outros nutrientes. O curry é feito com cúrcuma e pimenta, e também pode ser incorporado no dia a dia.

Cuidados ao consumir


É melhor comprar o açafrão-da-terra em lojas de produto naturais e ao fazê-lo, verifique a validade. Isto porque quanto mais fresco, mais rico em polifenois. A cúrcuma é indicada para todas as pessoas, com restrição apenas nos casos raros de alergias a este tempero.


Fitoenergética



Também gera Harmonia e ajuda a eliminar vícios em cigarros ou álcool.

Recomendo o vídeo abaixo sobre o Açafrão:


Propriedades Medicinais


Este tempero se destaca pela ação antienvelhecimento e antioxidante e segundo uma pesquisa da Universidade da Califórnia é capaz de reduzir o risco da doença de Alzheimer. A cúrcuma também protege contra diversos tipos de câncer.


O açafrão contém diversos minerais e vitaminas, com destaque para o potássio, que ajuda a controlar a pressão arterial e previne derrames. Também é fonte de vitaminas C, aliada da imunidade, e vitamina B6, que é benéfica para o cérebro.



O tempero ainda conta com ferro, que previne anemias, manganês, essencial para o metabolismo do colesterol e para o crescimento, cálcio, que é aliado dos ossos e dentes, e magnésio, importante para o metabolismo de glicose. Proteína, boa para os músculos, gordura e um elevado teor de fibra solúvel, que melhora o trânsito intestinal, também estão presentes no açafrão-da-terra. No entanto, o seu grande valor reside na curcumina, um polifenol com ação antioxidante e anti-inflamatória, responsável pela cor amarela intensa do açafrão.


São inúmeros os benefícios da curcumina, principalmente pelo seu efeito antioxidante e anti-inflamatório. Ela contribui para o combate ao câncer de próstata, mama, melanoma, pâncreas, diminui o risco de leucemia e mieloma múltiplo, e a ocorrência de metástases em diversos tumores. Desintoxica o fígado, é benéfico para o coração, ajuda no controle do diabetes, neutraliza radicais livres, reduz a inflamação da artrite, tem ação analgésica, antisséptica e antibacteriana. Age no metabolismo das gorduras auxiliando na perda de peso, ajuda na acne, na psoríase e outras doenças de pele, e acelera a cicatrização.

Age contra a depressão: Um estudo publicado na revista Phytotherapy Research confirmou através de ensaio clínico em 60 pacientes que a curcumina é segura e eficaz no tratamento de estados graves de depressão comparada com a fluoxetina. A eficácia da curcumina foi semelhante ao do medicamento antidepressivo, no entanto, a curcumina não apresenta nenhum dos efeitos colaterais associados com a droga e ainda fornece benefícios adicionais à saúde. Estes resultados estão de acordo com outra pesquisa, publicada na revista Psychopharmacology, mostrando que a curcumina aumenta os níveis de neurotransmissores como serotonina e dopamina, responsáveis pela sensação de bem-estar.

Bom contra a acne: Cúrcuma é eficaz no tratamento de acne devido a suas propriedades antissépticas e antibacterianas: ela combate espinhas, controla a oleosidade e proporciona um brilho saudável para a pele. Para obter este benefício a orientação é a aplicação tópica do açafrão-da-terra.

Ajuda na perda de peso: Um estudo publicado pelo Journal of Nutrition mostrou a ação da cúrcuma na inibição da lipogênese, produção de gordura pelo corpo. O tempero reduziu o percentual de gordura corporal no grupo que ingeriu o condimento. A dose usada no estudo foi de cinco gramas por dia, equivalente a uma colher de chá rasa.

Contraindicações


Restrição apenas nos casos raros de alergias a este tempero.

Não há efeitos colaterais no consumo da cúrcuma e ainda não foram descobertos problemas no consumo em excesso do tempero.


Fonte: http://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/18799-acafrao-da-terra-e-aliado-do-cerebro-e-ajuda-na-perda-de-peso

http://www.luzdaserra.com.br/a-fitoenergetica-e-a-alimentacao

Colaboração: Tânia Campos e Daniele Schutz.

Bênçãos!
Namastê!



EPISÓDIO 13


O episódio de hoje está sendo dedicado ao querido Boldo, também conhecido como Boldo-brasileiro, Falso-boldo, Boldo-da-terra ou Boldo-do-jardim. Seu nome científico é Plectranthus barbatus Andrews e tem origem na Índia.

O verdadeiro boldo (Peumus boldus) é uma arvoreta do Chile cujas folhas secas e quebradiças com cheiro de mastruço são encontradas no comércio, mas não é cultivado no Brasil.



Forma de uso / dosagem indicada: Usa-se o chá ou extrato aquoso feitos de preferência com a folha fresca. O chá é do tipo abafado (infusão), feito com 3 a 4 folhas com água fervente, em quantidade para uma xícara (de chá). Toma-se 1 a 3 xícaras do chá.





Fitoenergética


- Equilibra o excesso de Ego e o excesso de expansão da consciência;

- Limpa sofrimentos reprimidos;

- Elimina automartírio e autodepressão;

- Possibilita posturas saudáveis em todas as situações da vida;

- Bloqueia a penetração de energias densas.


Propriedades medicinais


- Tônico (restaura energia);
- Eupéptica (facilita digestão);
- Hepática, colagoga (aumento da secreção da bílis);
- Colerética (estimulador da bílis);
- Calmante e anti-reumática;
- Carminativa (eliminador de gases intestinais);
- Diminui os efeitos das bebidas alcoólicas;
- Estomáquica (favorece a digestão);
- Antioxidante, antifúngico e antibacteriano.



Estudos farmacológicos feitos com seu extrato mostraram que possui ação hipo secretora gástrica, reduzindo não só o volume de suco gástrico, como a sua acidez. Pode ser usada, portanto, no tratamento para controle da gastrite, na dispepsia, azia, mal-estar gástrico (estômago embrulhado), ressaca, e como amargo estimulante da digestão e do apetite.

Contraindicações


Não obstante, o abuso de Boldo pode causar toxicidade.

Contraindicado durante a gravidez e o aleitamento pois pode ser abortivo.


Apesar de facilitar tanto o funcionamento da vesícula como do fígado, em caso de obstrução das vias biliares, evite consumir infusões de boldo, já que estimulam a secreção de bílis, o que poderia agravar seu quadro obstrutivo.

No caso de infusão, não mais de 4 xícaras diárias.

Evite consumir esta infusão se tomar medicamentos anticoagulantes.

Não é recomendável seu consumo se você sofrer de insuficiência renal.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

http://www.luzdaserra.com.br/cha-de-boldo-poderes-ocultos-e-funcao-fitoenergetica

http://www.saudedica.com.br/os-10-beneficios-do-cha-de-boldo-para-saude/

http://www.cultivando.com.br/plantas_medicinais_detalhes/boldo.html

http://br.innatia.com/c-cha-de-boldo-pt/a-cha-de-boldo-contra-indicacoes-e-efeitos-colaterais-1624.html

Colaboração: Tânia Campos e Daniele Schutz.


EPISÓDIO 14

O episódio de hoje está sendo dedicado ao querido Louro, ou Loureiro, é uma planta originária do Mediterrâneo, seu nome científico é Laurus nobilisAs suas folhas com aroma forte são utilizadas na culinária e na medicina alternativa. Utilizam-se frescas, secas ou em pó.

O Telhado do Templo de Apolo, em Delfos, era coberto de folhas de loureiro para o proteger da doença, da feitiçaria e dos relâmpagos.

É uma planta conhecida desde a Grécia antiga. Para os Romanos, o loureiro era o símbolo da sabedoria e da glória. Eram feitas coroas com as folhas e entregues aos vencedores de competições como símbolo de vitória. A palavra “bacharelato” vem do latim “baccalaurus”, o que quer dizer "formando coberto de louros".

O Louro é símbolo da poesia, das letras e do sucesso. Traz proteção e sabedoria.



Fitoenergética


Elimina energias densas de origem espiritual, cria um forte campo energético espiritual, traz a força da energia divina para purificar os campos de energia e os ambientes em geral. Traz a força de Deus para o mundo físico.


Como preparar o chá?

• 4 folhas de louro;
• 500 ml de água.

Modo de preparo

1. Ferva a água em uma chaleira ou leiteira.

2. Quando levantar fervura, desligue o fogo e adicione as folhas de louro e deixe descansar por 10 minutos.

3. Em seguida, sirva em uma xícara e beba. Este mesmo chá pode ser servido duas vezes. Recomenda-se uma vez pela manhã e outra pela noite.


Técnica do benzimento

- Benefícios da técnica de benzimento:

Abrir caminhos, eliminar a energia negativa da sua aura e remover confusões mentais e indecisões.

Melhoria da saúde física e do estado espiritual.

- Materiais para fazer o Benzimento:

Você irá precisar de coisas muito simples para praticar esse exercício:

Um lugar calmo e silencioso;
Uma cadeira ou poltrona para sentar-se;
3 folhas de louro (desidratado ou verde, tanto faz).

- Passos para fazer o benzimento – cura da alma com as ervas:

1 – Procure um lugar calmo e tranquilo. Tenha certeza que não sofrerá interrupções. Então faça uma oração rápida de agradecimento e conexão com Deus, da sua forma e do seu jeito.

2 – Sente-se na cadeira confortavelmente, respire profundamente algumas vezes e relaxe.

3 – Pegue as três folhas de louro na sua mão direita e segure-as com tranquilidade.


4 – Agora concentre-se em imaginar, visualizar ou acreditar que no centro da sua testa se forma um ponto de luz prata.  Simultaneamente imagine, acredite ou simplesmente sinta que na região do seu coração forma-se um ponto luminoso verde. Então sustente a crença ou a visualização desses dois pontos acesos. O ponto prata na sua testa e o ponto vede no seu coração. Fique sustentando a visualização dessas duas luzes.

5 – Pegue apenas uma entre as 3 folhas de louro. Encoste com suavidade na sua testa no ponto da luz prata. E diga:

Eu conecto a minha mente  com a mente de Deus. Eu me conecto com a sabedoria de Deus. Eu sou a sabedoria de Deus em ação para o bem maior.

Fique assim por 30 segundos e depois coloque a folha de louro usada de lado.

6- Pegue uma segunda folha de louro. Encoste com suavidade no seu peito no ponto da luz verde do seu coração e diga:

Eu conecto o meu coração com o coração de Deus. Eu me conecto com a o amor  de Deus. Eu sou o amor que de Deus em ação para o bem maior.

Fique assim por 30 segundos e depois coloque esta segunda folha de louro usada de lado junto com a primeira.

7- Pegue a terceira e última folha de louro e agora segure-a entre as suas duas mãos que devem estar em forma de prece postadas a frente do seu estômago.

Então imagine, sinta ou acredite, que as luzes verde e prata que antes estavam no seu coração e testa, agora pulsam na suas mãos em prece. Então, sinta, imagine ou acredite, que as luzes verde e prata pulsam com suavidade como um coração.  E elas se alternam, pulsando verde e prata, verde e prata, verde e prata. Quando o verde fica fraco, o prata fica mais forte. Quando a luz prata fica mais fraca o verde fica mais forte e assim ciclicamente.

8 – Quando você sentir que as luzes verde e prata pulsam automaticamente entre as suas mão postadas em forma de prece, unidas com a folha de louro, apenas diga mentalmente:

Eu me entrego a força da verdade da minha alma… EU me entrego a energia maior de Deus… EU me entrego a cura da natureza sobre mim e tudo que me envolve.

Obrigado, obrigado, obrigado!

9 – Fique assim por aproximadamente um minuto, mantendo os olhos fechados e a concentração no pulsar da luz verde e prata.

10 – Então desperte com suavidade . Pegue as 3 folhas usadas na prática e descarte em um jardim ou vaso, expressando sua gratidão.

Benzimento: Importante!


Notas importantes sobre a técnica de bezimento e cura da alma com a fitoenergia:

- Não existe contra indicação;
- Não provoca qualquer tipo de reação negativa;
- Pode ser feita até 3 x por semana;
- Pode ser ensinada para outras pessoas;
- Se você não conseguir visualizar as luzes verde e prata, mas acreditar com força e entrega, vai funcionar igualmente;
- Você não precisa ter nenhum dom especial e não precisa ser expert em nenhuma filosofia para fazer essa prática.
- Pode e deve ser usado qualquer tipo de problema, seja ele físico, mental, emocional ou espiritual.
- Tanto faz usar louro desidratado ou fresco.

Já queimou folhas de louro alguma vez?

Há uma outra ótima função para absorver os benefícios da folha de louro – você pode queimá-las com um fósforo de preferência. Este fogo intenso vai funcionar muito mais rápido do que fogo brando para liberar os compostos ativos das folhas de louro.

Pegue uma folha seca e coloque-a em um cinzeiro ou qualquer outro lugar seguro para queimá-la, longe de produtos inflamáveis, seja responsável.

Ao queimá-las e inalar o cheiro (não a fumaça diretamente), você se abre para uma série de benefícios impressionantes. Aqui estão dois benefícios.

Benefício # 1 – Redução da ansiedade

A folha de louro contém um composto chamado linalol. Um estudo da American Association of Nurse Anesthetists descobriu que o linalol diminui a ansiedade e aumenta a interação social.

Em menos de 10 minutos após sentir o cheiro da folha de louro em chamas, o linalol começa a trabalhar.

Benefício # 2 – Alívio respiratório

Folhas de louro contêm mirceno e eugenol. Ambos os compostos possuem excelentes propriedades anti-inflamatórias e são, de fato, muito utilizados em terapia de redução de tensão.

Quando você queima uma folha de louro, estes compostos se espalham pelo ar. Uma vez inalados, eles vão reduzir qualquer inflamação respiratória. Isso pode fazer maravilhas se você sofre de alergias ou tem um forte resfriado.

Quando queimadas de forma correta, as folhas de louro liberam os seus benefícios muito rapidamente.

Propriedades Medicinais


Graças aos benefícios e propriedades do louro, muitos são seus usos medicinais. Comumente, é utilizando como diurético, estimulante de apetite e também adstringente.

Pode também aliviar cólicas, dores no estômago e eliminar flatulências.

Além disso, o óleo essencial presente nas folhas de louro é extremamente eficaz para tratar dor musculares, bronquites, artrite e outras mazelas relacionadas.

As folhas de louro também são eficazes como repelente natural de insetos por possuirem altas quantidades de ácido láurico.

A vitamina A presente no louro é fundamental para a visão, cabelo e pele. Portanto seu consumo tratará problemas degenerativos oculares e também envelhecimento precoce.

Por ser um poderoso antioxidante, o louro é um agente eficaz na prevenção e luta contra determinados tipos de câncer.

O ácido fólico do louro é responsável por auxiliar a correta formação do DNA, portanto seu consumo regulado por um médico pode ser incrivelmente benéfico para o desenvolvimento do feto.

Ajuda também a melhorar a produção de células sanguíneas por possuir minerais essenciais como o manganês, ferro, cálcio, cobre, magnésio e zinco.

É possível listar seus usos medicinais da seguinte maneira resumida:

• Alivia cólicas e indisposições gastrointestinais
• Alivia dores musculares e de cólica
• Age como diurético
• Previne gripes e resfriados
• Previne e elimina flatulências
• Trata problemas de úlcera estomacal
• Estimula o apetite
• Previne casos de câncer
• Melhora a produção de células sanguíneas
• Auxilia no desenvolvimento adequado do DNA
• Melhora a saúde dos olhos, cabelo e pele
• Pode ser utilizado também como repelente natural

Contraindicações


É importante que não sejam consumidas mais do que 4 folhas de louro diariamente, sob risco de hiperdosagem e intoxicação.

O louro pode causar sonolência e ser prejudicial àqueles que possuem sensibilidade no estômago, quando consumido em excesso. A planta e seu consumo estão contraindicados para gestantes ou mulheres em fase de lactação.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012.

http://www.luzdaserra.com.br/ervas-que-curam-a-alma-como-fazer-um-auto-benzimento

https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/4549-louro-beneficios-usos-cha

https://www.remedio-caseiro.com/beneficios-do-cha-de-folha-de-louro-para-saude/

http://plantaseervasaromaticas.blogspot.com.br/2010/02/louro-e-as-suas-propriedades.html?m=1

Colaboração: Tânia Campos e Daniele Schutz.


EPISÓDIO 15


O episódio de hoje está sendo dedicado a uma planta muito linda e muito poderosa, a Lavanda, seu nome científico é Lavandula pois há várias espécies e subespécies, algumas pessoas dizem que Alfazema e Lavanda são a mesma planta e outras dizem ser do mesmo gênero mas de espécies diferentes, o importante mesmo é a beleza e a função dessas bênçãos que a Natureza nos oferece.

Cresce principalmente nas regiões quentes do Mediterrâneo onde é nativa, encontrada aclimatada e também nativa em diferentes pontos do globo. Desde há muito conhecida e utilizada pela Humanidade.

A lavanda é uma das poucas flores que basta a gente fechar os olhos para seu perfume vir à mente. Pudera, ela contém um dos óleos essenciais mais usados no mundo, base para uma infinidade de cremes, shampoos, amaciantes e outros produtos de beleza e limpeza. 




LAVANDA É CONHECIDA PELO PERFUME E TAMBÉM PODE SER TEMPERO!

Típica da região que vai do sul da Europa ao norte da África, da Arábia e das Ilhas Canárias, a lavanda prefere clima frio, o que a torna resistente até a geadas ocasionais. Graças às modernas técnicas de aperfeiçoamento genético, hoje existem variedades adaptadas ao clima tropical, o que possibilita o cultivo da flor em quase todo o país. Esse melhoramento também possibilitou a criação de lavandas de flores brancas e azuladas, além das clássicas violetas e roxas.

Apesar de ser tão conhecida e de cada vez cair mais no gosto dos brasileiros, pouca gente conhece os usos culinários da lavanda. Se você nunca comeu uma dessas flores, faça o teste em seu próprio jardim (assim, você terá a certeza de não ingerir nenhum pesticida), retirando apenas os grãos de pólen, que são amargos e podem dar alergia. As pétalas têm um gosto adocicado que aromatiza mel, vinhos, sorvetes, vinagres e biscoitos. Por ser da mesma família do alecrim, pode substituí-lo em ensopados e outros pratos – sempre com moderação, porque seu perfume é bem forte e pode comprometer toda a refeição.


Cosmética

Fazer uma água tônica para acelerar a substituição das células nas peles sensíveis e como antisséptica contra acne. Agente de limpeza e tônico para todos os tipos de pele. Recomendável para peles com acne.
Uma decocção de sumo de pepino com lavanda dá uma boa loção de pele.

Utilização

Uso caseiro: Fazer com a flor saquinhos para gavetas (espanta traças), almofadas e até sachês. O infuso das flores esfregado no couro cabeludo livra-o de parasitas; alguns veterinários também utilizam para destruir piolhos e outros parasitas. Moscas e mosquitos também não gostam do seu cheiro, sachês com lavanda afastam os insetos. 

Uso culinário: Flor para aromatizar compotas.



Uso mágico: Na África as flores e folhas são usadas contra maus-tratos maritais. Significa universalmente pureza, castidade, longevidade, felicidade. Dormir sobre ramos de lavanda abranda a depressão. 

Aromaterapia: O óleo essencial é usado para cortes, queimaduras, reumatismo, alergias de pele, queimaduras de sol, dor de cabeça,insônia, problemas inflamatórios, brotoeja, artrite, pelas propriedades bactericidas e antiviróticas. 

Também é eficaz para restaurar a circulação dos pés. O banho perfumado com óleo essencial de alfazema é um excelente tratamento contra a insônia.


Fitoenergética


Atua no equilíbrio físico, mental, e emocional. Anti-estresse, também é usada contra insônia. Incentiva a esperar a hora certa para dizer as coisas, a economizar com equilíbrio em qualquer aspecto; gera paz interior; completa o “Eu” interior; favorece a lidar com muitas coisas ao mesmo tempo sem gerar estresse; ajuda a planejar bem o futuro, criar visão estratégica da vida, ter empreendedorismo, não julgar o próximo, respeitar os limites das outras pessoas.


Como aromatizador de ambientes proporciona paz, relaxamento, e aconchego. Tem o poder de harmonizar qualquer ambiente rapidamente. Por ter essas diversas funções, ela é considerada o "colo da mãe", que acalenta e torna seguro o ambiente. Ideal para restabelecer estados de esgotamento físico e emocional.


Propriedades Medicinais



Diurética, expectorante, sedativa, anti-inflamatória, sudorífica, antiespasmódica, antisséptica, cicatrizante e colerética.

Infusão para dores de cabeça e acalma os nervos. Alivia falta de urina, doenças de baço, câimbras, gota, inapetência, insolação, fraqueza, vômitos, hipocondria, insolação, vômitos. Auxilia na digestão, dores reumáticas, tosses e resfriados, cistites e inflamações das vias urinárias, facilita a produção e eliminação da bile, combate enxaqueca. 

Gargarejo com decocção das flores alivia a dor de dente.

Contraindicações


A essência da lavanda em uso interno deve-se usar com muita precaução, devido a que, em doses altas, pode produzir nervosismo e, inclusive, convulsões. Deve-se evitar uso prolongado. Pessoas propensas a úlceras, não devem exagerar na administração de preparados à base de alfazema.

Em altas doses pode ser depressiva do sistema nervoso, causando sonolência. Em mulheres grávidas deve-se evitar o uso em doses altas por ser estimulante uterino.


Fonte: http://www.ervanarium.com.br/planta/93/lavanda

http://energiadaservas.com.br/propriedades-da-lavanda/

https://terapiasnehana.wordpress.com/2013/11/13/propriedades-das-plantas/

http://achetudoeregiao.com.br/arvores/alfazema_ou_lavanda.htm

http://minhasplantas.com.br/plantas/lavanda/

Colaboração: Tânia Campos e Daniele Schutz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário