background

24 de março de 2018

SABEDORIA DIVINA DA NATUREZA - EP 28 - MARMELO



EPISÓDIO 28

O episódio de hoje é sobre o querido Marmeloé o fruto do marmeleiro (Cydonia oblonga), uma árvore de tamanho médio e natural do Cáucaso, uma região da Ásia ocidental localizada entre os mares Cáspio e Negro. O marmeleiro é uma planta típica de climas temperados e bastante exigente em tratos culturais. A mesma foi introduzida no Brasil, em 1532, por Martim Afonso de Souza, tendo sido, inclusive, o primeiro produto de exportação paulista, antes mesmo do café. 

O marmelo possui um formato semelhante ao da pêra, medindo entre 7 a 12 cm de largura por 6 a 9 cm por altura. A fruta possui uma coloração amarelo-dourada, característica que faz com que o marmelo seja conhecido como “pomo dourado”. Sua polpa é rígida e muito aromática.

O marmeleiro tem sido historicamente um símbolo da fertilidade e do amor. Isto se deve, talvez, ao fato de que, na Grécia, as “maçãs douradas” estavam consagradas à deusa do amor, Afrodite.



Como consumir?

Você pode consumir o fruto de diversas formas. Para isso, quando estiver maduro, descasque e corte na vertical em duas metades de forma que seja possível retirar seus caroços. Corte então as duas metades em pequenos pedaços. Você pode cozinhar, assar, ensopar ou usar de outras formas em preparo de alimentos, pois não se desfaz. O consumo ao natural, ainda cru, no entanto, deve ser evitado.


Esse alimento é muito usado ainda em compotas, gelatinas e conservas. As sementes, quando trituradas, podem ser usadas para fazer um chá que possui ação purgativa. As flores da árvore marmeleiro podem ser usadas ainda na decoração de pratos e saladas, pois também são comestíveis.






Fitoenergética

Atua do 1º ao 7º chakras e tem polaridade Yin.

Alivia dores locais, desincha, cria um efeito sedativo, calmante e protetor local. Aumenta a vitalidade e regula a atividade celular local. Auxilia contra qualquer processo de multiplicação indesejada. Estimula a paciência, a perseverança e o equilíbrio emocional.

Tarot da Fitoenergética

Propriedades medicinais

O consumo do marmelo in-natura ou como chá, trata e pode curar:

- dores de garganta;
- males da gengiva;
- aftas;
- inflamações no estomago;
- é antisséptico, bom para limpeza de pele;
- antiespasmódico, contra enjoos e vômitos;
- nervosismo e ansiedade;
- queimaduras;
- diarreia e cólicas;
- tuberculose e pneumonias.

O marmelo possui em sua composição:

Pectina -reduz colesterol ruim (LDL).

Taninos - que atuam na mucosa e são anti-inflamatórios e cicatrizantes naturais.

Ácido málico - bom estimulante para o fígado, antiespasmódico, combate a retenção de líquido, elimina o ácido úrico e impede a formação de gota.

Potássio - é bom para tratar hipertensão arterial, doenças nos vasos sanguíneos ou problemas do coração.

Fibras - é um laxante natural, tem poucas calorias, pode auxiliar em dietas de emagrecimento.

Vitamina C - presente no marmelo trata constipações, gripes e resfriados.


O marmelo é muito eficaz como fortificante e estimulante do organismo, contribui para melhora física e mental de quem o consome.

Por possuir propriedades adstringentes, é recomendado o consumo do marmelo cru em casos de diarreia. É muito eficaz também para combater estados de exaustão física e mental, assim como a anemia, e abre o apetite para crianças e adultos que não se alimentam bem.

Os benefícios do suco de marmelo para a saúde também são incríveis.

A sua folha amarga, na forma de suco, misturada com mel, pode ser usada para aliviar a febre e o catarro, e com a adição de pimenta preta, pode ser eficaz no tratamento de icterícia. Suas folhas são eficazes ainda na diminuição dos níveis de glicose no sangue, auxiliando no controle do diabetes. Pode ser usada ainda na redução do colesterol e dos níveis de triglicérides, além do tratamento de aftas, males das gengivas e dores de garganta.


O fruto é ainda um excelente diurético e por conter vitamina C em grandes quantidades, pode ser usado para fortalecimento do sistema imunológico e no combate às gripes, constipações e resfriados. Por ser pobre em calorias e por evitar a retenção de líquidos, pode ser auxiliar na perda de peso em dietas de emagrecimento.




Contraindicações

Até o momento não foram registrados nenhum tipo de efeito colateral ou contraindicação a respeito do consumo da fruta, porém o consumo em excesso pode causar desequilíbrios na saúde.


Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012

https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/6058-marmelo-10-beneficios-para-a-saude-e-como-comer

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/marmelo.htm

https://www.beneficiosnaturais.com.br/beneficios-e-propriedades-da-fruta-marmelo/

Colaboração: Maria Isabel (Terapeuta Fitoenergética)  curaverde.fitoenergetica@gmail.com


DEMAIS EPISÓDIOS AQUI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Imprimir ou Salvar em PDF

Print Friendly and PDF